MENU

Profundamente abatidos, atletas do América-MG retomam treinamentos

Profundamente abatidos, atletas do América-MG retomam treinamentos

Atualizado: Segunda-feira, 7 Fevereiro de 2011 as 2:02

O treino do América-MG, na manhã desta segunda-feira, no CT Lanna Drumond, foi um dos piores vividos pelos jogadores, comissão técnica e funcionários. O dia seguinte à morte do meia William Morais, assassinado na madrugada desse domingo, quando saía de uma festa na região da Pampulha, em Belo Horizonte, ficou marcado pelo abatimento de todos no clube.

O atacante Daniel Lovinho era um dos mais desolados. O jogador foi apresentado juntamente com William e dividiram o quarto nas concentrações. Visivelmente triste, Lovinho pediu para não dar entrevistas.     Antes de começar o treino, o técnico Mauro Fernandes reuniu os jogadores no centro do gramado e pediu para que todos dessem as mãos e começassem a rezar para o ex-companheiro e seus familiares.

- Fizemos uma oração para que Deus conforte o William e sua família, que está passando por um momento muito difícil – declarou o meia Irênio, um dos jogadores que estavam na mesma festa em que estava William Morais.

No domingo, o América-MG enfrentará o Ipatinga, pelo Campeonato Mineiro. O experiente atacante Fábio Júnior revelou que a partida ainda não está no pensamento dos jogadores.

- Ninguém ainda está com a cabeça na partida. Temos que nos concentrar nos próximos dias para pensar nas nossas obrigações. Mas está difícil. Não é fácil você chegar aqui e ter que lembrar dos dias em que estivemos treinando juntos.

Fábio lamentou profundamente o episódio ocorrido com o meia, contratado por empréstimo, no fim do ano passado, junto ao Corinthians.

- Eu fico chocado e arrasado com uma notícia dessas. Um jogador de 19 anos, com um potencial muito grande, cheio de sonhos pela frente. Ele brincava com todo mundo e, mesmo tendo ficado só um mês, já era amigo de todos. A tristeza é muito grande.    

veja também