MENU

Projeto Educando Para a Vida mobiliza judô feminino em São Vicente

Projeto Educando Para a Vida mobiliza judô feminino em São Vicente

Atualizado: Terça-feira, 25 Outubro de 2011 as 8:20

A presença de muitas meninas no tatame foi um dos destaques do I Festival do Projeto Judô – Educando Para a Vida, realizado, no último domingo, dia 23/10, no Ginásio Tumiaru, em São Vicente. O evento contou com a participação de 150 alunos, com idades entre 6 e 16 anos, que foram divididos em chaves, com quatro a seis judocas, e lutaram entre si. Todos ganharam medalha. 

“Fiz dois anos de karatê, mas, agora, decidi que quero seguir carreira no judô. Minha musa é a Danielle Zangrando e espero, um dia, representar o Brasil em Jogos Pan-Americanos e Jogos Olímpicos”, declara a pequena Vitória Guedes, de 10 anos, filha de mãe karateca.

Coincidentemente ou não, o núcleo de São Vicente é o único entre os três núcleos do Projeto Judô – Educando Para a Vida (os outros são Santos e Cubatão ), que conta com  uma sensei mulher. “Não vejo muita diferença entre ser treinado por um homem ou uma mulher. Meninos e meninas treinam juntos e o importante é a dedicação deles”, analisa a sensei Célia Cristina Luedy Ramos Mercadante, supervisora do projeto no Centro Esportivo e Recreativo Jardim Pompeba.

Vibrando muito nas arquibancadas, os pais, mães e familiares dos integrantes do Projeto, idealizado pelo campeão olímpico Rogério Sampaio, transformaram o festival numa grande festa. Além de torcerem pelas crianças e adolescentes, eles aproveitaram a presença no ginásio de grandes nomes do judô brasileiro, como o vice-campeão olímpico Carlos Honorato, o técnico santista Ivo Nascimento e o sensei Paulo Duarte, ex-técnico de Rogério Sampaio, para tirar muitas fotos.

O Projeto Judô – Educando Para a Vida é desenvolvido pela Associação de Judô Rogério Sampaio, em parceria com as prefeituras de Santos, São Vicente e Cubatão, com patrocínios da Telefônica, Copebrás, Votorantim Cimentos e Instituto Votarantim, EcoRodovias e Usiminas, graças a convênio entre o Governo Federal, por intermédio do Ministério do Esporte, e a AJRS, autorizado pela Lei de Incentivo ao Esporte. A AJRS conta com o apoio do Santos Futebol Clube e da Galvão Engenharia.

veja também