MENU

Pronto para ajudar, Milton Cruz não pensa em ser técnico do São Paulo

Pronto para ajudar, Milton Cruz não pensa em ser técnico do São Paulo

Atualizado: Sábado, 16 Julho de 2011 as 8:44

Milton Cruz não almeja ser técnico do São Paulo

(Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)

  A diretoria do São Paulo continua sua busca por um técnico para substituir Paulo César Carpegiani, demitido no dia 7 de julho. Enquanto isso não acontece, o interino Milton Cruz vai tocando o barco. Ele assumiu o time na véspera da partida contra o Cruzeiro, que terminou com a vitória tricolor por 2 a 1, e dará sequência ao trabalho neste domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio. E, mesmo que a diretoria demore para achar um novo comandante, ele avisa: não pensa em ser efetivado.

- Todos foram muito claros comigo. O Juvenal (Juvêncio, presidente), o João Paulo (Jesus Lopes, vice-presidente de futebol) e o Adalberto (Baptista, diretor de futebol) me avisaram que eu ficaria provisoriamente e que iriam atrás de outro treinador. Por isso, espero que possam escolher um grande nome, que agrade a todo mundo. Vou até quando eles precisarem. Quando isso acontecer, voltarei ao meu lugar – afirmou.

Milton trabalha como auxiliar no Tricolor há 15 anos. Indica jogadores, resolve contratações. Por isso, não tem vontade de mudar de função.

- Quantos treinadores não queriam estar no meu lugar? Só tenho que agradecer a diretoria. Treinador no Brasil é uma exigência maior. A gente sabe que a cobrança é grande. Se não tem resultado imediato, acontece o mesmo que foi com o Carpegiani. É uma profissão que dá muitas alegrias, mas também muitas tristezas. Quando outro for contratado, voltarei ao meu lugar.

O auxiliar é muito amigo da maioria dos jogadores do elenco. E acha que isso não atrapalha em nada nesse momento em que precisa trabalhar como treinador.

- Não acho que ter amizades é problema. Tenho amizade com os jogadores porque fui o responsável pela chegada da maioria deles. Conversando no dia a dia, você passa a ser amigo, a repartir coisas pessoais. Por isso sempre procuro ajudar, principalmente quando alguém está sem jogar.          

veja também