MENU

Quatro anos depois, nada de ônibus azul para o Inter

Quatro anos depois, nada de ônibus azul para o Inter

Atualizado: Sexta-feira, 10 Dezembro de 2010 as 11:46

O Barcelona anunciou nesta sexta-feira que chegou a um acordo para seu primeiro patrocínio na camisa de futebol: o clube receberá € 30 milhões (R$ 67 milhões) por ano da "Qatar Foundation" até 2016. O valor será o maior da história do  futebol.

O contrato será assinado oficialmente na segunda e passará a valer a partir de janeiro. Por isso, o clube receberá € 15 milhões (R$ 33,5 milhões) nesta temporada.

O Barça já exibe a marca da Unicef no uniforme, mas paga por isso cerca de € 2 milhões (R$ 4,4 milhões) por temporada à organização. O acordo com a "Qatar Foundation" não impedirá a Unicef de seguir na camisa do clube catalão.

O contrato com a fundação árabe supera os valores de Manchester United e Real Madrid, que recebem € 23 milhões (R$ 51 milhões) dos patrocinadores. A imprensa destaca que a "Qatar Foundation" não é uma marca comercial e por isso não contraria a tradição do Barça de rejeitar patrocínios.

- Com este acordo, o Barcelona se situa como marca líder indiscutível do mundo do futebol, muito na frente de todos os competidores internacionais - disse o vice-presidente econômico do clube, Javier Faus.

A fundação foi criada em 1995 pelo governo do Qatar e investe em educação, pesquisa científica e desenvolvimento social. Na semana passada, o Qatar conquistou o direito de sediar a Copa do Mundo de 2022. Para os jornais espanhóis, o dinheiro do país do Oriente Médio será bem-vindo para segurar as principais estrelas do clube catalão, como o técnico Pep Guardiola e os craques Lionel Messi, Xavi e Andrés Iniesta, candidatos ao prêmio de melhor do mundo de 2010.

O uniforme do Barcelona terá outra mudança em breve: neste domingo, contra o Real Sociedad, o time usará pela última vez o brasão da Fifa de campeão do Mundial de Clubes. O torneio está sendo disputado em Abu Dhabi e um novo vencedor será conhecido no dia 18.

veja também