MENU

Real recebe o Milan em confronto de maiores vencedores da Champions

Real recebe o Milan em confronto de maiores vencedores da Champions

Atualizado: Terça-feira, 19 Outubro de 2010 as 11:26

São 16 títulos de Liga dos Campeões em campo, dezenas de campeonatos nacionais, craques capazes de decidir o jogo num piscar de olhos... Real Madrid (nove vezes campeão) e Milan (sete vezes) fazem um clássico nesta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), no Santiago Bernabéu, pela terceira rodada do Grupo G da Liga dos Campeões, já com muita história para contar. Seja uma das antigas, como a final de 1958, vencida pelos merengues de Di Stefano na prorrogação. Ou uma recente, com triunfo dos italianos, em noite de Alexandre Pato há praticamente um ano (veja ao lado). O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida em Tempo Real a partir das 16h15.  Na tabela de classificação do  Grupo G, o time  merengue lidera a chave com seis pontos. Em seguida vem o Milan, com quatro. Na terceira posição aparece o Ajax com três. O Auxerre ocupa a lanterna com nenhum ponto marcado.

Nos 3 a 2 no mesmo Santiago Bernabéu, no dia 21 de outubro de 2009, o Milan ainda não tinha o sueco Zlatan Ibrahimovic, maior contratação para a temporada e um dos destaques da boa campanha do Rubro-Negro no Italiano - é o segundo, atrás apenas do Lazio. O Real Madrid também investiu, como de costume. Chegaram jovens realidades como o argentino Angel Di María e o alemão Mesut Özil, que substituem o lesionado Kaká à altura.

O time de José Mourinho, que por enquanto tem início de temporada arrasador, encara seu primeiro teste "sério". No Campeonato Espanhol, o Real lidera, tem o melhor ataque, a melhor defesa e o artilheiro, Cristiano Ronaldo, que marcou seis gols. É um começo promissor para um projeto que tem como objetivo o décimo troféu da principal competição europeia, torneio que o clube não vence desde 2002.

Após vitórias sobre Ajax (em casa) e Auxerre (fora), o Real está a um passo de ficar tranquilo em um grupo que se mostrava complicado. Basta vencer o Milan e chegar aos nove pontos - o Rubro-Negro soma quatro. Para isso, Mourinho poderá contar com praticamente aquele que considera o seu time ideal, somente sem o lateral-direito Sergio Ramos, lesionado.

Como se não bastassem todos estes ingredientes, o jogo terá arbitragem de Pedro Proença, compatriota e desafeto de Mourinho, que já foi expulso de campo por ele em três ocasiões.

O time italiano, no entanto, já foi apelidado de "Samba-Milan", devido à forte presença dos brasileiros, começando por Pato, que, após vários meses lesionado, vem se destacando no clube (marcou duas vezes contra o Chievo) e na seleção (três gols em três partidas desde a chegada do treinador Mano Menezes, que esteve no San Siro na partida de sábado e também verá o jogo desta terça no estádio).

Ronaldinho Gaúcho, intimamente ligado ao Barcelona, rival do Real; e Robinho, que deixou o clube da capital espanhola rumo ao Manchester City há duas temporadas para se tornar "o melhor jogador do mundo" e acabou voltando ao Santos antes de chegar ao Milan, também estão em evidência. A principal dúvida do treinador do Milan, Massimiliano Allegri, é o zagueiro brasileiro Thiago Silva, que, apesar de ter sido relacionado e de ter viajado com o time, sofreu uma torção no tornozelo esquerdo, e fará teste no vestiário.

Prováveis escalações:

Real Madrid: Casillas, Arbeloa, Ricardo Carvalho, Pepe e Marcelo; Khedira, Xabi Alonso, Di María e Özil; Cristiano Ronaldo e Higuaín. Técnico: José Mourinho.

Milan: Abbiati, Zambrotta, Bonera (Thiago Silva), Nesta e Antonini; Gattuso, Pirlo e Seedorf; Ronaldinho Gaúcho, Pato e Ibrahimovic. Técnico: Massimiliano Allegri.

Ajax recebe o Auxerre

No outro jogo do grupo, jogando na Holanda, Ajax e Auxerre buscam a primeira vitória. Os holandeses empataram uma partida e perderam outra, enquanto os franceses saíram derrotados em ambas.

O time da casa vai praticamente completo. Vivendo boa fase no holandês, após vencer o NAC Breda por 3 a 0, o Ajax só não terá o jovem meia Siem de Jong, com uma lesão na perna direita.

Ocupando as últimas posições do campeonato francês, o Auxerre perdeu em casa para o Bordeaux por 1 a 0 no último sábado. Para piorar, o elenco vive uma verdadeira "maldição", já que os atacantes Jelen, Le Tallec, Sanogo, Licata e Langil estão lesionados.

veja também