MENU

Recepção de 5 mil torcedores balança Gladiador no Palestra

Recepção de 5 mil torcedores balança Gladiador no Palestra

Atualizado: Quinta-feira, 10 Junho de 2010 as 7:15

Parecia um dia de jogo no Palestra Itália. Torcida organizada, gritos de guerra, bandeiras, fogos de artifício, mascote oficial e fumaça nas cores verde e branca: o público compareceu em peso para a segunda parte da apresentação do atacante Kléber no Palmeiras. O carinho de cerca de 5 mil pessoas no Setor Vista do estádio alviverde deixou o Gladiador sensibilizado.

''É impossível não se emocionar, mas procurei me conter'', afirmou o camisa 30. ''Eu não tenho palavras para demonstrar o carinho que vocês sentem por mim e o amor que nós temos pelo Palmeiras. Não há coisa melhor do que isso'', emendou o atleta, no seu discurso aos torcedores, que doaram um quilo de alimento para participar da festa.

Kléber entrou no gramado do Palestra Itália por volta das 16h15, ou seja, 45 minutos depois do previsto. A torcida não se importou com o atraso. Ao surgir na boca do túnel, o atacante usava a camisa de uma facção organizada e o boné de uma outra torcida alviverde. Foi recebido com os gritos: ''Não é mole não, Gladiador, o seu lugar é no Verdão!''.

Antes do discurso aos torcedores, Kléber vestiu a camisa alviverde e beijou o símbolo com intensidade. Ainda por cima, recebeu um abraço fervoroso do cantor Belo, um torcedor símbolo do clube.

A presença da torcida superou as expectativas. A polícia trabalhou com o comparecimento de 2 mil palmeirenses. Quando surgiram as numerosas filas para a entrada do Palestra Itália, houve reforço na segurança.

''Vocês não imaginam a força que a torcida do Palmeiras tem para ajudar o time. Esse incentivo é fundamental para nós (jogadores). Espero que, a partir de agora, seja um divisor de águas'', reforçou o Gladiador.

Como ocorreu no período da manhã na Academia de Futebol, com a presença de integrantes do projeto de sócio-torcedor do Palmeiras, Kléber assinou dez camisas que foram sorteadas. Para encerrar a tarde de gala, ele arremessou algumas bolas para a massa alviverde.

veja também