Recomeçar: entre a dor e a fé, Inter estreia na Libertadores-2011

Recomeçar: entre a dor e a fé, Inter estreia na Libertadores-2011

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

Recomeçar, usar a Libertadores para afogar as mágoas do Mundial, fazer o tal do Mazembe parar de martelar tanto na memória vermelha, deixar a imagem de Kidiaba, o goleiro quicador, um pouco mais distante – mas alcançável, porque é sempre preciso lembrar. Chegou a hora de o campeão da América iniciar a defesa de seu título. É nesta quarta-feira, às 22h, que o Inter dá largada à luta pelo tricampeonato continental. O adversário é um velho conhecido, o Emelec, no estádio George Capwell, em Guaiaquil.

Com a base do Mundial mantida, mas também com reforços importantes, o Colorado intensifica seu sotaque castelhano. Agora, são quatro argentinos no elenco da Libertadores. A Guiñazu e D’Alessandro, sempre titulares, foram acrescidos o volante Bolatti e o atacante Cavenaghi, que devem ficar no banco esta noite. A continuidade do trabalho e a qualidade do elenco são as apostas vermelhas para manter a recente rotina de títulos.

O adversário é um velho conhecido. O Emelec enfrentou o Inter quatro vezes nas duas últimas participações coloradas na Libertadores. Perdeu três e empatou uma. Agora, tem como aliado o péssimo gramado de seu estádio, que certamente incomodará o bom pé dos jogadores vermelhos, formadores de um time claramente técnico.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha a estreia do Inter na Libertadores em Tempo Real. A RBS TV exibe para o Rio Grande do Sul. A partida será apitada por Néstor Pitana, auxiliado por Gustavo Esquivel e Ariel Bustos, todos argentinos.

O QUE ESTÁ EM JOGO   Emelec : o Emelec tenta deixar de ser um eterno participante para virar um postulante a algo maior na Libertadores. Com o exemplo vivo de um de seus rivais, a LDU, campeã de 2008, o time equatoriano sente que pode melhorar. E sabe que precisa de uma vitória já na largada, em casa, para começar a encaminhar classificação em um grupo que não é dos mais complicados.

Inter: o atual campeão vai a campo para já começar a competição embalado. Com menos tempo de preparação do que seus principais concorrentes, o Inter quer uma vitória logo de cara para já começar a ter conforto na etapa de classificação da Libertadores. O jogo servirá para testar em que nível a equipe se encontra na largada da temporada. E poderá ajudar a amenizar as dores restantes do Mundial.     AS ESCALAÇÕES Emelec : Omar Asad, técnico do Emelec, pode montar sua equipe ou no esquema 4-4-2, mais tradicional, com dois argentinos no ataque, ou no 4-5-1, como foi no empate por 0 a 0 com o Deportivo Quito, no fim de semana. Ele tem o retorno do meia Quiroz, que estava lesionado. Escalação provável: Xavier Klimowicz, Carlos Quiñónez, Marcelo Fleitas, Gabriel Achilier e Oscar Baguí; Pedro Quiñónez, Fernando Gimenez, David Quiroz e Édison Méndez; Cristian Menéndez e Eial Strahman.

Inter : não foi confirmada por Celso Roth a escalação colorada para o jogo contra o Emelec. A tendência é da manutenção da base recente, com Sorondo na zaga, Wilson Matias como volante e Zé Roberto no ataque. Com isso, os argentinos Bolatti e Cavenaghi ficam no banco. O zagueiro Bolívar e o atacante Rafael Sobis, lesionados, estão fora. Escalação: Lauro, Nei, Índio, Sorondo e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga e D'Alessandro; Zé Roberto e Leandro Damião.    

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições