MENU

Recopa é prioridade, e Inter pode poupar titulares contra o Flamengo

Recopa é prioridade, e Inter pode poupar titulares contra o Flamengo

Atualizado: Quinta-feira, 18 Agosto de 2011 as 10:58

Dorival Júnior estuda deixar titulares fora do jogo de

domingo (Foto: Lucas Uebel/Agência Estado)

  O Flamengo pode ter o privilégio de enfrentar o Inter com força reduzida no próximo domingo. Envolvido em forte sequência de jogos, com decisão da Recopa e Gre-Nal na semana que vem, o clube gaúcho cogita poupar titulares na partida deste domingo, contra o Rubro-Negro, no Beira-Rio. É o jogo que antecede a final contra o Independiente e o clássico do fim de semana seguinte, no Olímpico.

A possibilidade de escalar time misto foi aberta pelo técnico Dorival Júnior depois da vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo. A decisão será tomada nesta quinta-feira, em reunião que envolverá inclusive o presidente do clube, Giovanni Luigi.

- Teremos uma reunião com todos os departamentos, com a presença do presidente, para começar a definir alguma coisa. Estamos com jogadores desgastados, pela sequência de partidas que tivemos anteriormente, e isso tem que ser muito pensado. É uma única possibilidade, e não podemos começar a perder em razão de uma situação que pode interferir no rendimento. Vamos tentar extrair o máximo possível para ter um pouco mais de segurança na decisão a ser tomada – disse o treinador.

Dorival trata a Recopa como prioridade. É a chance que ele tem de ser campeão já em sua primeira semana no clube.

- Tem que ser essa a prioridade, nem que tenhamos que abrir mão principalmente da partida de domingo. É uma causa nobre, que só tem a engrandecer a história do nosso clube. Essa decisão tem que ser amadurecida. Vamos tomá-la dentro do que acharmos conveniente, inclusive com a participação da diretoria, para ter uma segurança maior.

O treinador, porém, diz que poupar atletas pode não ser a única alternativa. Seja como for, o foco será na Recopa.

- Talvez não seja nem poupá-los, mas fazer um trabalho direcionado a uma conquista. Não podemos esgotar uma equipe e chegar na quarta-feira, com um grau de exigência muito grande, e termos problema por causa dessa sequência. É por isso que essa decisão tem que ser tomada com calma, com equilíbrio, para termos uma segurança.

O Inter perdeu o primeiro jogo da decisão da Recopa por 2 a 1. Para ser campeão, precisa ou vencer por pelo menos dois gols de diferença no tempo normal, ou garantir uma vitória simples e seguir a disputa na prorrogação.          

veja também