MENU

Red Bull repete "feiura" e apresenta carro para tentar tri

Red Bull repete "feiura" e apresenta carro para tentar tri

Atualizado: Segunda-feira, 6 Fevereiro de 2012 as 11:35

A equipe a ser batida atualmente na Fórmula 1 já exibiu o carro com o qual lutará pelo tricampeonato da categoria. Nesta segunda-feira, a Red Bull lançou o seu novo modelo, o RB8, que seguiu a tendência dos times rivais e terá um degrau na parte frontal - já popularmente conhecido como "bico de ornitorrinco".

O nariz do carro é "ligeiramente feio" segundo definiu o próprio projetista chefe da Red Bull, Adrian Newey. O britânico, 58 anos, é considerado um dos principais responsáveis pelo sucesso alcançado pela escuderia e argumentou que não havia outra solução devido ao novo regulamento técnico da categoria, que determinou que a altura máxima do bico deve ser de 55 cm enquanto que manteve a altura do cockpit em 62,5 cm.

"Você tenta estilizar da melhor maneira possível, mas tivemos que abaixar o bico, o que, em comum com muitos outros times, levou-nos ao que eu acho que provavelmente diria ser um nariz ligeiramente feio", analisou Newey, que já idealizou oito carros campeões mundiais - cinco pela Williams, um pela McLaren e dois pela Red Bull. "(Porém) a restrição de altura do bico realmente não mudou muito a forma do chassi".

A estreia do veículo acontecerá nesta terça-feira, no primeiro dia de testes da pré-temporada da F1 em Jerez de la Frontera. O australiano Mark Webber pilotará o carro no circuito espanhol nos dias 7 e 8 de fevereiro, enquanto que o alemão Sebastian Vettel, atual bicampeão mundial, experimentará o equipamento nos dois dias seguintes.

A Red Bull estreou na elite do automobilismo mundial em 2005, tendo comprado a Jaguar, e desde então montou uma equipe forte na sede de Milton Keynes, na Inglaterra. São 27 vitórias e 38 pole positions em 126 corridas disputadas - marcas que o time espera melhorar em 2012. Na última temporada, o domínio de Webber e Vettel foi flagrante: eles somaram juntos 12 vitórias (11 com o alemão) e 650 pontos, contra 497 da McLaren, segunda colocada do Mundial de Construtores.

veja também