MENU

Rei do Majestoso, Danilo celebra fase e projeta semana difícil para SP

Rei do Majestoso, Danilo celebra fase e projeta semana difícil para SP

Atualizado: Segunda-feira, 27 Junho de 2011 as 3:53

O jeito calmo, discreto e de fala mansa, como todo bom mineiro, contrasta com o que Danilo costuma fazer nos clássicos entre Corinthians e São Paulo. No domingo, o meia brilhou e fez um golaço na expressiva vitória alvinegra por 5 a 0, acabando com os 100% do rival no Campeonato Brasileiro. Mas se destacar no Majestoso não é novidade para o armador. Seja de qual lado for. Desde que deixou o Goiás para jogar pelo São Paulo, Danilo participou dez vezes do clássico. Foram sete vitórias, dois empates e apenas uma derrota, com cinco gols anotados (três pelo São Paulo e dois pelo Corinthians). São quatro triunfos vestindo a camisa tricolor e três com a alvinegra, onde também teve seu único revés, em partida marcada pelo centésimo gol de Rogério Ceni, pela primeira fase do Paulistão.

- Clássico todo jogador gosta de participar. Quando você se destaca é melhor ainda. É um número importante, fico muito feliz. São jogos grandes. Quando fui para o jogo já sabia disso. Teremos outros clássicos pela frente e espero ter a oportunidade de fazer mais gols – afirmou.

Danilo após marcar o primeiro gol do clássico de domingo (Foto: Ayrton Vignola / Agência Estado)

  Danilo, aliás, esteve sempre do lado vitorioso nas maiores goleadas neste período. Em oito de maio de 2005, ele fez um dos gols da vitória do São Paulo por 5 a 1 sobre o Corinthians, no Pacaembu. O resultado culminou na demissão do técnico argentino Daniel Passarella durante a polêmica gestão da MSI.     - Uma goleada é sempre difícil. Todo mundo fica cobrando, os diretores falando. A sorte é que o São Paulo tem jogo já na quarta (contra o Botafogo). Se fosse no domingo apenas, seria mais difícil ainda – ressaltou.

Campeão paulista, brasileiro, mundial e da Libertadores pelo Tricolor, Danilo chegou a conversar com o ex-clube sobre um possível retorno no fim de 2009, quando estava prestes a deixar o Kashima Antlers-JAP. Entretanto, acabou no Corinthians por indicação de Mano Menezes.

- O São Paulo me procurou na época, mas optei por acertar com o Corinthians. Não tenho nenhuma mágoa. Vivi momentos muito bons lá – ressaltou.

Depois de passar 2010 sem conseguir se firmar e correndo risco até de ir embora após o Paulistão 2011, Danilo ganhou a vaga de titular, a confiança de Tite e recuperou o moral no clube. Em seu grande momento no São Paulo, o jogador chegou a ser chamado de "Zidanilo" pela torcida, em alusão ao craque francês. É a volta dele?

- Ele (Zidanilo) já está aqui - finalizou.            

veja também