MENU

Renato pede, e jogadores deixam renovações para depois do Brasileiro

Renato pede, e jogadores deixam renovações para depois do Brasileiro

Atualizado: Quinta-feira, 25 Novembro de 2010 as 8:45

Enquanto concorre por vaga na Taça Libertadores, o Grêmio finaliza o processo de transição política. Em dezembro, a diretoria liderada pelo novo presidente Paulo Odone assume o comando do clube. Entre as principais atribuições imediatas, estão as renovações de contratos, dispensas e contratações.

Mas o técnico Renato Gaúcho pediu aos futuros dirigentes que não iniciem agora as negociações com quem faz parte do grupo tricolor nesta temporada.

Da mesma forma, o treinador gremista reuniu os próprios jogadores na sala de conferências do Estádio Olímpico. E reiterou a orientação: renovações, só depois do Campeonato Brasileiro.

Ao final do treino da tarde desta quarta, o lateral-esquerdo Lúcio - titular do meio-campo - confirmou o pedido de Renato Gaúcho:

- Ele falou sobre isso com a gente, para não perder o foco. Quando tem negociação o jogador não descansa, tem reuniões com empresário, e acaba perdendo o foco. O Renato conversou com a gente, nos reuniu aqui, e pediu que viéssemos só depois falar sobre isso. Sou a favor, não podemos deixar nada atrapalhar nessa reta final. Não adianta querer renovar o contrato fora da Libertadores, valoriza até mais renovar classificado.

Lúcio acredita que sua polivalência pode ser uma vantagem quando as negociações começarem.

- Trabalhar em duas funções se torna até mais fácil para o treinador. Se ele precisa mudar o esquema de jogo não precisa trocar uma peça ou outra. Tendo esse trunfo na mão fica mais fácil. Se tiver que fazer uma renovação de contrato não será por isso que terá algum problema.

Por: Eduardo Cecconi

veja também