MENU

Retorno de Schumacher seria bom para a F-1, diz chefe da Mercedes

Retorno de Schumacher seria bom para a F-1, diz chefe da Mercedes

Atualizado: Quinta-feira, 10 Dezembro de 2009 as 12

Um retorno de Michael Schumacher faria bem à Fórmula 1, afirmou o presidente-executivo da Mercedes GP, Nick Fry, nesta quinta-feira (10). A Mercedes, que comprou a campeã deste ano Brawn GP, se interessa pelo ex-piloto alemão agora que o campeão Jenson Button foi para a McLaren.

Fry preferiu não confirmar qualquer conversa com Schumacher, afirmando somente que "estamos discutindo coisas com diversos pilotos", mas disse que o esporte receberia bem o retorno de qualquer um piloto de seu nível.

''Pode alguém de 40 ou 41 anos competir contra alguém de 24? Em outros esportes provaram que isso é muito possível nessa idade. Eu estava brincando com Mika Hakkinen [campeão da F-1 em 1998 e 1999] outro dia que talvez ele devesse colocar a mão na massa de novo''.

A Mercedes contratou o alemão Nico Rosberg da Williams, mas ainda não anunciou o outro piloto, e a imprensa especula sobre as intenções de Schumacher.

O heptacampeão de 40 anos esteve perto de retornar às pistas este ano como substituto do brasileiro Felipe Massa na Ferrari, durante período que o brasileiro se recuperava de grave acidente, mas voltou atrás devido a um problema em seu pescoço.

Fry disse que o anúncio do segundo piloto deve ser feito antes do Natal, mas é mais provável para o início de janeiro. Ele disse que há cerca de quatro nomes na lista.

''A nacionalidade não tem nada a ver. A Mercedes disse que seria bom ter um piloto que fosse alemão, e nós já temos o Nico''.

Fry pontuou que experiência é um fator muito mais importante.

''Aprendemos claramente neste ano que é preciso ter dois pilotos capazes de marcar pontos em toda corrida e foi por isso que ganhamos o campeonato de construtores''.

O britânico espera que Rosberg se torne um vencedor na Mercedes depois de quatro anos na Williams sem nenhuma vitória.

veja também