MENU

Reunião entre diretoria e Carpegiani vai definir a punição de Dagoberto

Reunião entre diretoria e Carpegiani vai definir a punição de Dagoberto

Atualizado: Sexta-feira, 4 Fevereiro de 2011 as 10:19

Uma reunião que acontecerá nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda, entre o técnico Paulo César Carpegiani e o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, definirá qual será a punição do atacante Dagoberto, que cometeu um ato de indisciplina no jogo da última quinta-feira, contra o Linense, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

O jogador não gostou de levar uma bronca do treinador, que o questionou sobre o posicionamento errado dentro de campo. Irritado, gesticulou, o que tirou o técnico do sério. Na hora, Carpegiani falou para o camisa 25 que, mesmo com o time já tendo feito as três alterações, ele poderia deixar o gramado se quisesse. (Reveja o vídeo acima com o momento da discussão da dupla)

- Agora é difícil fazer qualquer comentário sobre o ocorrido. Vou ter uma conversa com o Paulo, ele vai expor o que aconteceu e aí tomaremos uma decisão. No São Paulo, as coisas são feitas com discrição e trataremos a questão de maneira interna – avisou o dirigente do time do Morumbi.

Uma reunião que acontecerá nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda, entre o técnico Paulo César Carpegiani e o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, definirá qual será a punição do atacante Dagoberto, que cometeu um ato de indisciplina no jogo da última quinta-feira, contra o Linense, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

O jogador não gostou de levar uma bronca do treinador, que o questionou sobre o posicionamento errado dentro de campo. Irritado, gesticulou, o que tirou o técnico do sério. Na hora, Carpegiani falou para o camisa 25 que, mesmo com o time já tendo feito as três alterações, ele poderia deixar o gramado se quisesse. (Reveja o vídeo acima com o momento da discussão da dupla)

- Agora é difícil fazer qualquer comentário sobre o ocorrido. Vou ter uma conversa com o Paulo, ele vai expor o que aconteceu e aí tomaremos uma decisão. No São Paulo, as coisas são feitas com discrição e trataremos a questão de maneira interna – avisou o dirigente do time do Morumbi.

Por: Marcelo Prado

veja também