MENU

Ricardo Mello atropela espanhol e volta às semis no Aberto do Brasil

Ricardo Mello atropela espanhol e volta às semis no Aberto do Brasil

Atualizado: Sexta-feira, 11 Fevereiro de 2011 as 9:05

O calor era muito e a torcida era pouca, mas Ricardo Mello não se incomodou e passou por cima do espanhol Pablo Andujar, número 69 do mundo. Com uma atuação irretocável, o tenista de Campinas (SP) fez 6/1 e 6/0 em apenas 58 minutos e garantiu mais uma vez sua vaga nas semifinais do Aberto do Brasil, disputado na Costa do Sauípe (BA).

A ótima campanha do número 2 do país já é semelhante à que ele conseguiu em 2010 na Bahia. Ano passado, ele surpreendeu ao derrotar Thomaz Bellucci nas quartas de final e só foi eliminado a um jogo da decisão. Este ano, ele tentará ir mais longe diante do vencedor do o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que derrotou o italiano Potito Starace por 6/3 e 6/4.

Ricardo Mello entrou na quadra central do torneio em forma. A arquibancada tinha menos de 50 pessoas, e o primeiro ponto do duelo - e do brasileiro - não ouviu um aplauso sequer. Quieto como o estádio e fiel ao plano tático, o brasileiro foi, aos poucos, tomando conta do jogo. Quebrou o espanhol no segundo game e mais uma vez no quarto. Andujar "furou o pneu" no sexto game, mas viu o tenista da casa fechar a primeira parcial em 6/1 em apenas 29 minutos.

O intervalo para o segundo set foi maior do que o normal - para que a quadra fosse molhada - e o público já beirava a casa de cem espectadores, mas nada mudou quando a partida recomeçou. Enquanto Andujar perdia a paciência, Mello continuava metódico, atacando com ótimo aproveitamento. Mais uma vez, o campineiro conseguiu duas quebras seguidas e abriu 4/0. A diferença é que, na segunda parcial, o espanhol não saiu do zero. Em 58 minutos, o barsileiro garantiu sua vaga nas semifinais.   Por Alexandre Cossenzo

veja também