MENU

Richarlyson salva São Paulo de derrota contra Mirassol

Richarlyson salva São Paulo de derrota contra Mirassol

Atualizado: Quinta-feira, 21 Janeiro de 2010 as 12

O São Paulo lutou até o fim para escapar de mais uma derrota no Campeonato Paulista. Com um gol de Richarlyson, aos 45 minutos da etapa final, o Tricolor garantiu o empate por 1 a 1, diante do Mirassol, na noite desta quarta-feira.

Atuando em casa, o time do interior abriu a contagem logo no início da partida, com um golaço de letra do experiente Evando. Já o São Paulo, que só contou com dois titulares (Jean e Richarlyson), sofreu com o desentrosamento, no dia em que o técnico Ricardo Gomes promoveu as estreias de David, André Luis e Carlinhos Paraíba.

Assim, o Tricolor só conseguiu arrancar o empate no fim do jogo, com um chute de Richarlyson. O São Paulo buscará sua primeira vitória no Estadual na noite de sábado, quando receberá o Rio Claro, no estádio do Morumbi. Já o Mirassol atuará no domingo, contra o Barueri.

O jogo: O Mirassol começou melhor a partida e abriu o placar logo aos sete minutos, quando o São Paulo ainda tentava se organizar em campo. Depois de cobrança de escanteio curta, Lins enganou dois defensores do Tricolor, invadiu a área e tocou rasteiro para Evando, que, livre, finalizou de letra para marcar um golaço.

Depois do gol, o time da casa ainda avançou mais vezes ao ataque, mas exagerou nos erros de passes. Do outro lado, o São Paulo só conseguiu ameaçar aos 15 minutos, aproveitando jogada individual de Mazola, que carregou a bola e tocou na esquerda para Roger finalizar cruzado. Rafael Defendi espalmou e, no rebote, Marlos concluiu para fora.

Na jogada seguinte, Mazola invadiu a área e pediu pênalti em disputa com Alex Silva, mas o árbitro considerou a jogada normal. O Mirassol, por sua vez, seguiu apostando principalmente nas oportunidades com Evando. O experiente atacante recebeu pela direita e soltou um chute forte, exigindo boa defesa de Bosco.

Os erros dos dois ataques e a atenção das defesas resultaram na perda de emoção da partida. O time da casa só voltou a levar perigo aos 35 minutos. Anderson Paim avançou pela esquerda e cruzou para Evando, que se antecipou e cabeceou para fora.

No intervalo, o técnico Ricardo Gomes decidiu mudar a equipe. O garoto Wellington deixou a partida para a entrada de Junior Cesar. Com isso, Richarlyson voltou a desempenhar sua função de origem, no meio-campo. Apesar da mudança, o Mirassol foi novamente mais perigoso. Gérson encontrou espaço na intermediária e soltou um forte chute, que passou perto da meta defendida por Bsoco.

Instantes depois, Anderson Paim carregou a bola pela esquerda e cruzou para Evando, que acertou um ótimo chute de primeira, mas o goleiro são-paulino trabalhou muito bem para salvar a equipe visitante. Do outro lado, o Tricolor finalmente conseguiu responder. David cruzou da direita e viu Roger subir mais que a zaga para cabecear, obrigando o goleiro Rafael Defendi a segurar.

Mas, como sua equipe seguiu com dificuldades, Gomes fez nova alteração, sacando Mazola para a entrada de Sérgio Mota. E o Tricolor conseguiu levar perigo para a meta dos donos da casa. Depois de cruzamento para a área, André Luis apareceu como surpresa atrás da zaga e finalizou, mas Rafael Defendi interceptou. A bola ainda bateu em Roger e voltou para as mãos do goleiro.

O São Paulo se empolgou e criou nova oportunidade, quando Roger dominou na área e encontrou um espaço para concluir, mas o arqueiro apareceu bem para segurar. Assim, o técnico Pintado decidiu mudar seu time, colocando Vinícius no lugar de Éder. Já Ricardo Gomes deu nova movimentação à partida com a substituição de Roger por Henrique.

O time visitante partiu para a pressão, e Sérgio Mota soltou um chute perigoso, defendido pelo goleiro Rafael. No fim da partida, Richarlyson salvou o Tricolor da derrota, com um chute da entrada da área.

veja também