MENU

Rigidez árabe quase leva jornalistas em cana na chegada do Inter

Rigidez árabe quase leva jornalistas em cana na chegada do Inter

Atualizado: Quinta-feira, 9 Dezembro de 2010 as 2:24

A chegada do Inter a Abu Dhabi já deu a primeira prova de que os Emirados Árabes não são nada parecidos com o Brasil. No momento do desembarque, a assessoria de imprensa do time gaúcho resolveu dar uma mão a repórteres, cinegrafistas e fotógrafos e permitiu que eles descessem antes do elenco. Assim, poderiam registrar a saída dos atletas. Mas assim que os profissionais posicionaram seus equipamentos, foram interceptados por policiais árabes. Fotos eram proibidas ali, mesmo com autorização do Inter.

Os jornalistas foram encaminhados a um ônibus e de lá rumaram para algum local misterioso. Quando desceram do veículo, deram de cara com uma sala oficial, recheada de autoridades. Era o espaço da passagem da delegação colorada. O problema é que não deveriam estar ali, e só foram informados disso na hora em que tentaram tirar fotos dos jogadores passando. Aí o que rolou foram mãos nas câmeras, expulsões e até ameaças de prisão. Os jogadores cruzaram o caminho sem entender direito o que estava acontecendo.

Dali, a imprensa foi levada novamente para um ônibus, de onde enfim rumou para a área da alfândega. Os jornalistas puderam deixar o aeroporto – ameaçados, mas sem prisão.    

veja também