MENU

Rio de Janeiro supera desfalques e consegue vitória sobre o Mackenzie

Rio de Janeiro supera desfalques e consegue vitória sobre o Mackenzie

Atualizado: Quarta-feira, 10 Fevereiro de 2010 as 12

O Rio de Janeiro conseguiu superar os desfalques de peso e estreou com vitória no segundo turno da Superliga Feminina 2009/2010. Nesta terça-feira, em Belo Horizonte, o time carioca derrotou o Mackenzie por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/12 e 25/13. A jovem mineira Mara, de apenas 18 anos, que disputa sua primeira Superliga, ganhou elogios do técnico Bernardinho.

- É uma atleta jovem, que teve a responsabilidade de entrar no lugar de uma atleta de seleção, como é a Carol Gattaz, e cumpriu seu papel. Fico feliz de vê-la jogar assim e sei que vai crescer muito ainda. Terá seu lugar não só no Rio como também na seleção brasileira.

A equipe carioca não contou com as meios de rede Dani Oliveira, que passou por cirurgia para reconstrução do tendão de Aquiles, e Carol Gattaz, com uma ruptura plantar no pé esquerdo. As opostas Joycinha, com uma contratura nas duas panturrilhas, e Monique, que sentiu uma fisgada na coxa, também não jogaram. 

Quanto ao jogo, Bernardinho afirmou que a tarefa do Rio foi facilitada pelo Mackenzie. Segundo ele, o rival teve rendimento abaixo do nornal. O técnico lembrou que ainda no primeiro turno, a equipe mineira levou um jogo contra o São Caetano (do trio olímpico Fofão, Mari e Sheilla) para o quinto set.

- Mas também soubemos manter concentração. Enfrentamos muitos problemas de contusões e elas jogaram focadas - destacou o treinador.

O jogo começou com o Rio de Janeiro à frente no placar (3/0 e 4/1). Mas foi o time mineiro que chegou ao primeiro tempo técnico obrigatório em vantagem (6/8), depois de um erro de saque das cariocas. O Rio começou a reagir. Com contra-ataques de Fabiana, Mara e Regiane, passou à frente por 10/9. Ainda permitiu o empate por 10/10, mas logo abriu quatro pontos e foi para o segundo tempo técnico em vantagem por 16/12. Ampliou a diferença para 18/12 para fechar a parcial por 25/17.

No segundo set, o Mackenzie só conseguiu manter o equilíbrio até o empate por 4/4. A partir daí, o Rio cresceu no jogo. Foi para os dois tempos técnicos obrigatórios em vantagem (8/4 e 16/5), para fechar a parcial com 13 pontos de vantagem, por 25/12. A terceira parcial foi uma repetição da anterior, com o Rio na frente nos dois tempos técnicos obrigatórios (8/6 e 16/10). A equipe carioca foi abrindo vantagem no marcador. Chegou a 22/12 com um bloqueio de Fabiana e fechou o set por 25/13.

veja também