MENU

Roberto Carlos afirma que foi barrado por Tite

Roberto Carlos afirma que foi barrado por Tite

Atualizado: Quinta-feira, 3 Fevereiro de 2011 as 3:19

Diferente do que declarou o técnico Tite, a ausência do lateral-esquerdo Roberto Carlos na partida decisiva contra o Deportes Tolima (COL) pela Pré-Libertadores não foi por motivos médicos. Segundo o jogador de 37 anos, a decisão foi inteira do treinador.

Durante o intervalo da partida, que terminou com 2 a 0 para os colombianos e o Corinthians eliminado, Roberto Carlos disse ao jornal Lance! que fisicamente poderia ter jogado.

- Não foi por causa da dor, não. O Tite achou melhor, pela semana que tive, pelos três dias que não treinei. A ideia era não forçar muito a barra.

Ao sair do gramado do Pacaembu na quarta-feira passada (26), o defensor havia reclamado de dores "insuportáveis" na coxa direita. Desde então, participou de apenas um treino, mas viajou com a delegação para a Colômbia, ainda crente de que poderia participar da partida. No reconhecimento do gramado, foi o titular do time.

Na terça-feira (1), Tite revelou que, em comum acordo com o lateral, resolveu escalar Fábio Santos para começar a partida.

- Depois do treino de segunda-feira (31), nós conversamos por um bom tempo. Ele me disse que principalmente na hora do chute não sentia confiança. Em comum acordo, decidimos que Roberto está fora.

O lado esquerdo do time corintiano na "decisão" contra o Tolima foi um dos piores setores da equipe, ameaçado pelos rápidos ataques e lançamentos dos colombianos. Segundo Roberto Carlos, Tite teria escalado Fábio Santos por considerar que o reserva estava em melhores condições para o confronto.

veja também