MENU

Roberto Carlos pode treinar clube russo quando se aposentar

Roberto Carlos pode treinar clube russo quando se aposentar

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 4:51

O lateral brasileiro Roberto Carlos, do modesto Anzhi, equipe da cidade de Makhachkala, da região do Daguestão, afirmou que pode investir na carreira de técnico, assim que se retirar dos gramados. E a primeira experiência do jogador na função pode acontecer no atual clube. Em entrevista ao jornal espanhol "Marca", o brasileiro disse que, assim que foi contratado, recebeu um projeto para seguir como treinador da equipe quando se aposentar.

- O presidente Suleiman Kerimov, proprietário do Aznhi, me fez uma oferta boa de dois anos e meio, e me ofereceu o projeto para ser treinador, e depois diretor. Primeiro vou jogar, mas quando acabar, vou ser treinador - confirmou.

Após o anúncio de uma homenagem do Real Madrid a Ronaldo, o jogador negou a possibilidade de receber qualquer iniciativa parecida do clube merengue.

- Não quero ouvir falar de homenagens, já que estou em atividade. Quando deixar o futebol, sim, mas agora não.     Questionado sobre o conterrâneo Marcelo, titular na lateral esquerda do Real Madrid, posição que foi do próprio Roberto Carlos quando atuava pela equipe, de 1996 a 2007, o jogador foi categórico.

- Sem dúvidas pode estar em um nível mais alto que o meu. Ele tem que jogar sempre assim, atacando. Ele não precisa defender, tem um goleiro e dois volantes para ajudar. O próximo passo é a Seleção Brasileira.

O lateral contou que tem conversado com o meia Kaká, também do Real, que sente dores no joelho.

- Falei com ele há duas semanas. Por mais que assegurem que não tem dores, ele tem. Mas ele vai voltar e terá a motivação necessária para ser o Kaká de sempre.

Roberto Carlos revelou suas preferências pessoais quando se trata de técnicos.

- Mourinho é um fenômeno. Muitos o criticam, mas Mourinho é o número um. Meus técnicos preferidos são ele e Capello.

Por fim, o brasileiro admitiu estar confiante em uma conquista do ex-clube sobre o Barcelona, dia 20 de abril, na final da Copa do Rei.

- Como é um campo neutro, Real ganha de 1 a 0. Mourinho fez do Real outra vez uma equipe concentrada, sem espetáculos, mas decisiva, a exemplo de Capello. O Barça joga de olhos fechados. O Real vai fazer história em pouco tempo - concluiu.

Na Rússia, Roberto Carlos vive uma situação polêmica. Na segunda-feira, torcedores do Zenit insultaram o jogador mostrando uma banana, quando os jogadores se preparavam para ouvir o hino da Rússia, antes da partida entre os dois clubes, em São Petersburgo.   A Federação de Futebol da Rússia anunciou uma investigação sobre o incidente e ameaçou punir o Zenit com uma partida com portões fechados, caso as acusações de racismo sejam confirmadas. Apesar da afirmação de Roberto Carlos de que não teria ficado chateado, o empresário do atleta pode levar o caso para a Fifa.    

veja também