MENU

Roberto Carlos vê obrigação maior do Corinthians contra o São Paulo

Roberto Carlos vê obrigação maior do Corinthians contra o São Paulo

Atualizado: Sexta-feira, 5 Novembro de 2010 as 8:32

Roberto Carlos não é de fugir das responsabilidades, e nesta quinta-feira ele manteve essa postura. Após a vitória por 4 a 0 sobre o Avaí, o Corinthians retomou a vice-liderança e está a um ponto do Fluminense (58 a 57 a favor dos cariocas). No clássico contra o São Paulo, domingo, às 17h (de Brasília), no Morumbi, o camisa 6 não hesitou ao afirmar quem tem maior obrigação de vitória no jogão.

- Estaremos jogando no Morumbi, o São Paulo está com um treinador que conseguiu arrumar o time. O São Paulo joga em casa e pode ter uma porcentagem mínima (de favoritismo) por jogar com sua torcida. Mas estamos pensando em título, e eles em Libertadores. Então a obrigação maior de vencer é nossa, ainda que o jogo seja no Morumbi - analisou Roberto Carlos.

Com 50 pontos, o Tricolor figura hoje entre aqueles que brigam por uma possível quarta vaga na Taça Libertadores de 2011. No entanto, a equipe de Paulo César Carpegiani vem embalada e de vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, em Uberlândia. Jogando a favor de sua torcida, o São Paulo busca a vitória para se consolidar nessa briga e até sonhar com o título. Mas, para Roberto, o fato de jogar no Morumbi pode atrapalhar a equipe da casa. E para o Timão, não muda nada.

- Para o São Paulo é um fator mais perigoso, o clube cedeu poucos ingressos para o Corinthians, então terão muito a favor. Só que o estádio é grande e não vai ter tanta pressão. Acho que será decidido dentro de campo mesmo, quem tiver um melhor time ganha - opinou o camisa 6.

A boa fase das duas equipes dá ingredientes que realçam a importância da partida. Tanto que, do lado tricolor, jogadores como Alex Silva e Rogério Ceni já afirmaram que teria um gostinho especial tirar o Corinthians da briga pela taça. Do lado alvinegro, Roberto evita polêmica.

- Não tenho de mandar recado, nem nada. Que seja um grande jogo, sem violência e que vença o melhor. Não entro muito nessa coisa de polêmica, falar ou deixar de falar. Teve uma época em que eu era de entrar nessa, hoje não mais. Só espero um grande jogo e com muitos gols, que é disso que o torcedor gosta - encerrou o lateral-esquerdo.

Por: Diego Ribeiro e Leandro Canônico

veja também