MENU

Robinho, Neymar, Ganso e Brum vão a lar espírita após polêmica

Robinho, Neymar, Ganso e Brum vão a lar espírita após polêmica

Atualizado: Segunda-feira, 12 Abril de 2010 as 12

Após muitas críticas aos jogadores santistas que se recusaram a visitar no dia 1º de abril os moradores da casa espírita Lar Mensageiros da Luz, que abriga pessoas com paralisia cerebral, quatro dos atletas mais criticados do Peixe compareceram nesta segunda-feira ao local. Sem combinar previamente, Robinho, Neymar, Paulo Henrique Ganso e Roberto Brum fizeram surpresa para os 34 internos, por iniciativa própria e sem a presença da imprensa.

O primeiro a chegar foi Robinho, logo após o treino. Em seguida foram Neymar e Ganso, e por último Brum, ao lado da família. De acordo com o assessor de imprensa do Santos, Fábio Maradei, o volante ligou para a escola e pediu a liberação dos filhos, para que pudessem fazer a visita ao seu lado.

Chegando lá, os jogadores fizeram festa e cantaram para as crianças. Brum ainda preparou uma surpresa e levou 34 miniaturas de baleias, mascote do time, uma para cada interno do Lar, que foram entregues por ele, mulher e filhos.

Robinho ainda doou a sua camiseta da partida número 200 pelo clube, que será leiloada e a renda será revertida à casa.

A primeira visita causou grande polêmica, pois boa parte do elenco não quis descer do ônibus para doar simbolicamente 600 ovos de Páscoa, que foram vendidos na loja do clube, na Vila Belmiro. A renda foi revertida para o Lar. Só desceram 11 atletas na ocasião: Felipe, Wladimir, Edu Dracena, Zé Eduardo, Arouca, Pará, Gil, Maikon Leite, Breitner, Zezinho e Wesley.

Alguns jogadores, como Neymar e Robinho, vieram a público após o incidente para pedir desculpas e prometer voltar ao Lar para uma nova visita.

veja também