MENU

Roddick domina Bellucci, vence em três sets e vai à terceira rodada na Austrália

Roddick domina Bellucci, vence em três sets e vai à terceira rodada na Austrália

Atualizado: Quarta-feira, 20 Janeiro de 2010 as 12

Não deu para Thomaz Bellucci. O número 1 do Brasil foi presa fácil para o americano Andy Roddick nesta quarta-feira e acabou eliminado na segunda rodada do Australian Open. o ex-número 1 do mundo e atual sétimo colocado no ranking aplicou 6/3, 6/4 e 6/4, em 2h11m, e avançou à terceira fase do torneio.

Bellucci era o último brasileiro com chances na chave de simples do Grand Slam australiano. Marcos Daniel e Ricardo Hocevar foram eliminados logo em suas estreias. A campanha do paulista, no entanto, foi a sua melhor em Melbourne. Ele só havia disputado o torneio uma vez - no ano passado - e caiu na primeira rodada.

Andy Roddick, que ainda não perdeu sets, vai enfrentar o espanhol Feliciano López, que eliminou o alemão Rainer Schuettler por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6, 6/3 e 6/2.

O americano mostrou desde os primeiro games que tinha mais volume de jogo que o brasileiro. Além de confirmar seu serviço com facilidade, o ex-número 1 do mundo variou o jogo e não deixou o brasileiro confortável em momento algum. Logo no quarto game, Bellucci precisou salvar quatro break points para manter o set empatado.

Roddick, no entanto, seguiu pressionando o serviço do brasileiro e foi recompensado no oitavo game. No nono, o atual número 7 do mundo fechou a parcial em 6/3. Até o momento, Bellucci só havia vencido quatro pontos no saque do adversário.

A superioridade do americano era visível e, logo no primeiro game do segundo set, após um rali em que Roddick encaixou vários golpes diferentes, Bellucci mandou uma direita na rede e cedeu a quebra. Em seguida, o americano confirmou o saque mais uma vez sem perder pontos e consolidou a vantagem, abrindo 2/0.

Sem demorar, Roddick conseguiu uma segunda quebra e teve o saque para fechar o set em 6/2. Em um dos poucos games que jogou mal na partida inteira, o americano cedeu uma quebra. Bellucci enconstou e deixou o placar em 5/4, mas o ex-número 1 não perdeu um ponto sequer no décimo game e fechou a parcial.

O brasileiro só conseguiu sair na frente no terceiro set, quando foi o primeiro a sacar. Mais solto no jogo, Bellucci conseguiu três chances de quebra no sexto game. Roddick, entretanto, se salvou.

O paulista foi castigado logo em seguida. Com 40/30 no placar, Bellucci errou um voleio fácil e deixou o rival igualar o game. Duas igualdades depois, Roddick contou com uma dupla falta do brasileiro para conseguir a quebra e abrir 4/3.

Replays atrasam vitória de Roddick

Com o placar em 5/4 e 40/15, americano e brasileiro disputaram um rali que acabou com uma bola de Bellucci para fora. O ponto deu a vitória a Roddick, mas o paulista pediu o replay, que mostrou bola na linha.

Em vez de mandar voltar o lance, o árbitro de cadeira deu o ponto a Bellucci, para a raiva de Roddick, que alegava ter desistido do lance por causa da marcação do juiz de linha.

Irritado, o número 7 do mundo fez um ace no ponto seguinte para fechar o jogo. Bellucci, porém, pediu novo replay e, mais uma vez, acertou. Roddick teve de ir para o segundo saque, e só após um erro de Bellucci pôde festejar.

veja também