MENU

Rogério Sampaio assina contrato de novo projeto de judô para crianças

Rogério Sampaio assina contrato de novo projeto de judô para crianças

Atualizado: Terça-feira, 17 Novembro de 2009 as 12

Em cerimônia realizada no dia 11 de novembro, na sede da Prefeitura de Cubatão (SP), o campeão olímpico Rogério Sampaio - medalha de ouro na categoria meio-leve do judô na Olimpíada de Barcelona, em 1992 - assinou o contrato de patrocínio com a Usiminas, através de seu Instituto Cultural, para o desenvolvimento do Projeto "Judô - Educando Para a Vida". Beneficiado pela Lei de Incentivo ao Esporte, o projeto atenderá 400 crianças da cidade de Cubatão.

A cerimônia contou com a participação da Prefeita local, Márcia Rosa de Mendonça Silva, e do diretor-presidente da Usiminas, Marco Antônio Castello Branco, além de vereadores, secretários municipais, representantes de entidades do comércio e indústria e autoridades locais. "O judô tem um dos valores mais marcados pela Usiminas. No judô procura-se sempre o benefício mútuo?, declarou o presidente da empresa patrocinadora do projeto.

O projeto

Visando promover a cidadania, o desenvolvimento de valores como disciplina, ética e respeito ao próximo, além da saúde e de todos os benefícios proporcionados pelo esporte, o Projeto "Judô - Educando Para a Vida" será realizado no Centro Esportivo "Armando Cunha", que é o maior da Baixada Santista e comporta 132 áreas de competição. Os treinos serão realizados em tatames iguais aos que são utilizados em olimpíadas e campeonatos mundiais, que são os melhores do mundo. Os participantes deverão ter idade entre os oito e os 18 anos e estar, obrigatoriamente, matriculados numa escola da rede pública ou privada. Todos receberão quimonos e todo uniforme necessário para a prática do judô, além de serem acompanhados por uma psicóloga e uma assistente social, que identificarão as necessidades específicas de cada família, encaminhando, quando necessário, aos órgãos competentes para atendimento.

"Para mim é um prazer e um orgulho poder desenvolver um projeto como esse. A prefeitura de Cubatão e a Usiminas estão tornado possível a realização de um sonho que eu acalento há muitos anos", declarou Rogério Sampaio. "Um projeto como esse é uma porta que se abre para essas crianças. O esporte diminui as diferenças sociais. É uma responsabilidade muito grande para mim, mas quanto maior a responsabilidade, mas eu me sinto estimulado".

Além dos treinamentos, dirigidos por professores, técnicos e estagiários, a serem selecionados, o projeto também contempla a promoção de palestras, dirigidas às famílias, com temas de interesse, como Obesidade e Desnutrição Infantil, Gravidez na Adolescência, Cidadania etc. "É importantíssimo envolver as famílias. A prática do judô vai ajudar essas crianças a desenvolverem disciplina, amizades, respeito ao próximo, noções de hierarquia e outros conceitos que permanecerão com elas para o resto da vida", analisa o campeão olímpico.

Segundo Sampaio, no segundo ano de realização do "Judô - Educando Para a Vida", os atletas que se destacarem terão a oportunidade de participar de um outro projeto, que visa o alto rendimento, na Associação de Judô Rogério Sampaio, em Santos. "Destes 400, poderemos detectar 15 ou 20 crianças com talento para competição e vamos encaminhá-las para o desenvolvimento com objetivos competitivos para que eles possam alcançar outros sonhos. Quem sabe, daqui a alguns anos, algum desses jovens judocas possa representar o nosso país em competições internacionais", previu.

Ao final do seu pronunciamento, Rogério Sampaio entregou um quimono à prefeita e outro ao presidente da Usiminas.

Pequenos judocas

Acompanhados pelo professor Alexander Guedes, técnico de judô de Cubatão, as crianças Carolina, de 8 anos, e John Kennedy, de 10, que trajavam quimono, foram alvo de comentário no pronunciamento da prefeita Márcia Rosa. "Podemos planejar o desenvolvimento social e econômico. Ainda somos conhecidos como a ?cidade da poluição?. Vamos mudar essa história. Cubatão não é a cidade da poluição. Cubatão é o esteio do desenvolvimento da nação brasileira. Queremos ser a cidade da qualidade de vida e da luta social. E isso se faz investindo nas nossas crianças, como o John Kennedy e a Carolina, que têm o patrocínio da Usiminas no projeto de judô. Investir nas crianças é investir num Brasil melhor".  

Por: Myrian Rosário

veja também