MENU

Romário ou Ronaldo? Geração da sub-17 tem estrangeiros como ídolos

Romário ou Ronaldo? Geração da sub-17 tem estrangeiros como ídolos

Atualizado: Sexta-feira, 25 Fevereiro de 2011 as 3:14

Alguns tinham poucos meses de vida quando Roberto Baggio cobrou decisivo pênalti para fora e deu o título da Copa do Mundo de 1994 ao Brasil após mais de duas décadas. Outros sequer haviam nascido para verem Romário se consagrar com o melhor jogador do mundo. De Ronaldo, principalmente em 2002, poucos lembram. O tempo passou, e a geração da Seleção Brasileira sub-17 tem, em sua maioria, estrangeiros como ídolos.   Lionel Messi, incontestável como melhor do planeta nas últimas duas temporadas, e Cristiano Ronaldo, vencedor do mesmo prêmio em 2008, estão em alta entre a garotada que treina para o Sul-Americano da categoria, no Equador, em março. Os craques de Barcelona e Real Madrid têm a companhia até do sueco Zlatan Ibrahimovic, centroavante do Milan.

– Adoraria cruzar uma bola para ele – disse o lateral-direito Claudio Winck, do Internacional.

– Gosto mais do Cristiano Ronaldo, de vê-lo jogar e também por conta do seu estilo, habilidade e velocidade. Quem sabe eu não possa estar lá ao lado dele no futuro – afirmou Andrigo, também promessa do Colorado.

– Messi – cravou o meia Guilherme Costa, do Vasco.

Os brasileiros, é claro, não foram esquecidos. Principalmente os dois últimos que reinaram no continente europeu.

– Entre Messi e Cristiano Ronaldo eu prefiro ficar com o Kaká – contou o são-paulino Lucas Piazón, comparado justamente ao camisa 8 do Real Madrid. – Ronaldinho – disse o meia Adryan, companheiro do Gaúcho no Flamengo.

A Seleção Brasileira sub-17 se apresentou na última terça-feira, dia 22, para os treinos na Granja Comary, em Teresópolis. A viagem para o Equador está marcada para 10 de março, e a estreia será três dias depois, contra a Venezuela, na cidade de Ibarra, sede do Grupo B do Sul-Americano. Os quatro primeiros garantem vaga no Mundial da categoria, disputado entre os meses de junho e julho, no México.    

veja também