MENU

Romário torce por Ronaldinho, mas apoia decisão de Dunga

Romário torce por Ronaldinho, mas apoia decisão de Dunga

Atualizado: Sexta-feira, 19 Fevereiro de 2010 as 12

Em 2002, Romário viveu uma situação parecida com a de Ronaldinho Gaúcho. O apelo popular pedia a convocação do Baixinho para a Copa do Mundo, mas ele estava fora do grupo formado por Luiz Felipe Scolari. Por isso, o ex-atacante imagina o que o meia do Milan está sentindo neste momento.

Aos 44 anos, Romário considera que a ida ou não para a Copa do Mundo depende apenas do próprio Ronaldinho Gaúcho. E torce para que o jogador recupere o velho futebol, que encantou o mundo, até a convocação final de Dunga, em maio.

- A qualidade do Ronaldinho é algo indiscutível. Ele atravessou um momento ruim. Todo mundo passa por isso, eu mesmo passei quando era jogador. Esse momento faz parte da carreira de qualquer jogador. Conhecendo bem o Dunga, acredito que a partir do momento em que o Ronaldinho supere este momento difícil e volte a demonstrar o futebol que ele pode jogar, acho que o Dunga pode convocá-lo. Se o Ronaldinho voltar a ser aquele jogador que a gente conhece com certeza vai ajudar o Brasil.

Em 2002, Romário vivia uma fase iluminada marcando um gol atrás do outro. Um momento diferente do que atravessa Ronaldinho Gaúcho, que desde o fracasso na Copa do Mundo de 2006 teve problemas para encontrar o melhor futebol.

Nesta temporada, o meia voltou a ter boas atuações pelo Milan. Mas o Baixinho, que é amigo pessoal de Dunga, considera que o treinador da seleção brasileira está certo em esperar mais um pouco e não convocá-lo para o amistoso contra a Irlanda, no dia 2 de março, em Londres, o último antes da lista para a Copa do Mundo. Romário só defende a volta de Ronaldinho Gaúcho para a seleção se o jogador mantiver um alto nível no clube italiano até o fim da temporada europeia.

- Não sou treinador da seleção. Quem decide isso é o Dunga. Não adianta um jogador ficar um ano sem jogar e fazer uma ou duas boas partidas. O Ronaldinho vem em uma melhora, em uma crescente. Acredito que até a convocação final para a Copa do Mundo, daqui a dois ou três meses, ele tenha melhorado ou não. E a partir dai todo mundo conhece o Ronaldinho, o Dunga já o conhece, ele (o Ronaldinho) não precisa de experiência. Vai depender daqui para frente mais do Ronaldinho do que do próprio Dunga.

Apesar de fã do craque do Milan, Romário pede um voto de confiança a Dunga. Para o Baixinho, o treinador merece a crédito dos torcedores brasileiros pelo trabalho que vem realizando à frente da seleção.

- Ninguém melhor do que o Dunga sabe o que é melhor para a seleção. Se ele achar que é melhor convocá-lo eu, como amigo do Dunga e fã do Ronaldinho como jogador, vou gostar. Se ele não chamar acredito que quem for no lugar do Ronaldinho vai fazer um bom papel também na Copa - disse o Baixinho.

Por: Thiago Lavinas

veja também