MENU

Romário vislumbra posse na câmara federal: "O terno está prontinho"

Romário vislumbra posse na câmara federal: "O terno está prontinho"

Atualizado: Segunda-feira, 27 Dezembro de 2010 as 3:09

Chegada ao estádio e corrida ao vestiário para vestir o uniforme. Antes do início da partida, aquecimento e saudação à torcida. Apito final e a marca de três gols já estava deixada no gramado do Engenhão. Essa foi a história contada por Romário nesse domingo, com sua participação no Jogo das Estrelas. Mas a rotina de comemorações com os amigos está prestes a entrar em um novo ritmo. Mais lento, com menos encontros. A explicação é simples. Daqui a uma semana, o Baixinho passará a maior parte de seu tempo longe do Rio de Janeiro. Em Brasília, assumirá o cargo de deputado federal e terá de trocar a camisa e o calção por uma roupa menos confortável.

- O terno está prontinho, até já está passado (risos). Estou com uma expectativa muito grande. É uma nova fase da minha vida. Responsabilidade diferente. Mas acredito que vou ter o mesmo êxito que tive no futebol - contou o ex-jogador e agora político.

Autor de mais de mil gols em sua carreira, Romário será um iniciante na política. Por isso, tem gente querendo ajudar. Ex-vereador de Goiânia (GO), Túlio conta quais são as principais dificuldades que o ex-atacante poderá encontrar na Câmara e dá suas dicas.

- O conhecimento das palavras técnicas é a parte mais difícil. Tem que ter uma boa assessoria, montar um grupo bom para ajudar no que for preciso. Mas ele leva jeito. Só vai ser engraçado e bom ver o Romário de terno em Brasília - diverte-se o atacante do Botafogo-DF.

Mesmo longe dos gramados desde 2008 - oficialmente -, Romário se mostrou em alta com a torcida que compareceu ao Engenhão nesse domingo. Foi ovacionado em sua entrada em campo para jogar ao lado de Zico. Apesar dos pedidos de retorno ao futebol de alguns torcedores, ele negou a possibilidade.

- O Romário profissional já passou. Agora, é só para brincadeira nesses jogos festivos. Fico feliz de sempre mostrar alguma coisa para as pessoas lembrarem de mim - disse o Baixinho.

veja também