MENU

Romerito brilha, Goiás vence clássico com Atlético-GO e faz pazes com torcida

Romerito brilha, Goiás vence clássico com Atlético-GO e faz pazes com torcida

Atualizado: Segunda-feira, 31 Maio de 2010 as 8:08

Nada como um clássico para fazer as pazes com a torcida esmeraldina. Depois de sair perdendo para o Atlético-GO neste domingo, no Serra Dourada, o meia Romerito (com dois gols) iniciou no segundo tempo a reação do Goiás, que cresceu na partida, acabou vencendo o duelo por 3 a 1 e afundou ainda mais o rival neste Campeonato Brasileiro.

Com isso, o Goiás chega a quatro pontos e deixa a lanterna, agora ocupada pelo Atlético-GO. Além disso, o time esmeraldino volta a vencer após oito partidas de jejum (quatro pelo Brasileiro, duas pela Copa do Brasil e duas pelas semifinais do Campeonato Goiano, justamente contra o rival Atlético-GO).

O clássico no estádio Serra Dourada começou bastante movimentado, com ataques dos dois times. Já aos 6min, uma grande chance para o Goiás. Jadílson cruzou da esquerda para o meio e a bola encontrou Hugo, que bateu de primeira de fora da área e mandou muito perto do gol de Márcio. O Atlético-GO não poderia responder de forma melhor, a não ser com um pênalti a seu favor, aos 11min. O lateral Chiquinho chegou em velocidade pelo lado esquerdo e foi derrubado por Ernando, dentro da área. Elias foi para a cobrança e converteu, em chute forte, rasteiro, que ainda acertou a trave direita antes de balançar as redes. A desvantagem no placar provocou um princípio de revolta dos torcedores esmeraldinos, que iniciaram uma ‘caminhada’ pela arquibancada em direção às tribunas do Goiás.

Em campo, o time do técnico Leão havia melhorado e passado a dominar a equipe do Atlético-GO. Enfim, o gol saiu, aos 25min, após bela tabela. Éverton Santos cruzou da direita e Hugo ajeitou de volta; o cruzamento encontrou Romerito, que girou com estilo para cima do zagueiro e mandou uma bomba, acertando o ângulo esquerdo do gol de Márcio. O duelo seguiu equilibrado até o fim da etapa inicial.

Porém, o meia Elias, do Atlético-GO, viu o primeiro tempo dominado por sua equipe. “Conseguimos sair na frente, tivemos outras oportunidades, mas não fizemos, e na única chance que eles tiveram eles marcaram”, afirmou. Éverton Ribeiro ‘jogou o domínio para o Goiás, e pediu atenção com Elias. “A gente criou várias oportunidades. Esperamos encaixar um pouco melhor a marcação para que o Elias não possa criar as jogadas”, afirmou o atacante, na saída para o intervalo.

O Goiás voltou melhor na etapa final. Romerito teve boa chance pela direita aos 7min, mas acertou a rede pelo lado de fora em lance que Éverton Santos aparecia livre no meio. E Romerito resolveu chamar a responsabilidade. Novamente pelo lado esquerdo, o camisa 9 deu um belo corte, passou por dois zagueiros dentro da área e bateu de direita, tirando do goleiro Márcio e acertando no cantinho, em jogada totalmente individual, aos 10min. Logo em seguida, foi a vez de Douglas fazer bela jogada pelo meio-campo e deixar Bernardo na cara do gol. O camisa 10 chutou cruzado e colocou o Goiás em ótima situação na partida. Somente aos 25min que o Atlético-GO acordou e começou a exercer uma certa pressão sobre o Goiás, que por sua vez se defendeu como pôde para segurar o resultado, aos gritos dos torcedores esmeraldinos.  

veja também