MENU

Ronaldinho e são-paulinos largam na frente no Troféu Armando Nogueira

Ronaldinho e são-paulinos largam na frente no Troféu Armando Nogueira

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 10

Pontapé inicial no Campeonato Brasileiro 2011 significa também mais um Troféu Armando Nogueira. Em sua terceira edição, além de eleger os melhores jogadores da competição, a premiação traz uma novidade: o Craque da Rodada. E quem largou na frente com uma atuação de gala na abertura do torneio foi Ronaldinho Gaúcho. O meia rubro-negro fez um golaço, deu assistência para Diego Maurício marcar e comandou a goleada por 4 a 0 sobre o Avaí. Com isso, ganhou nota 9 e ficou com o troféu de craque da primeira rodada - além de levar um bônus de 0,05 ponto, que será concedido sempre ao jogador eleito.

A equipe que mais emplacou atletas na seleção da rodada, porém, foi o São Paulo, que conseguiu uma importante vitória fora de casa, por 2 a 0, sobre o Fluminense, atual campeão brasileiro. Casemiro, Lucas e Dagoberto integram o time do fim de semana com destaque para a nota 9 do atacante. No empate com Ronaldinho, a comissão julgadora do Troféu decidiu premiar o camisa 10 da Gávea.

A seleção do campeonato é montada após a apuração das médias de todos os jogadores que disputaram ao menos 13 partidas no Brasileirão. Os autores das notas são sempre os comentaristas do SporTV e repórteres do GLOBOESPORTE.COM. Confira como ficou a seleção após a primeira rodada.

São Paulo tem três jogadores, Fla e Figueirense emplacam dois (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)

  GOLEIRO

O paredão do fim de semana foi o goleiro Wilson, do Figueirense, que parou o poderoso ataque do Cruzeiro e garantiu a vitória da equipe catarinense por 1 a 0. O atleta alvinegro levou nota 8,5 na rodada de abertura com várias defesas dificéis especialmente em finalizações do experiente Gilberto. Com boas atuações, Roberto, do Atlético-GO, que substituiu o titular Márcio durante o jogo e assegurou a vitória por 1 a 0 diante do Coritiba, e o experiente Flávio, do América-MG, que bateu o Bahia, por 2 a 1, receberam respectivamente notas 8 e 7.

LATERAL-DIREITO

Não houve uma atuação de gala de um lateral-direito na rodada, mas pela boa cobertura que fez à defesa e o apoio eficiente ao ataque, Bruno Vieira, do Figueirense, levou nota 7 e acabou se destacando entre os atletas da sua posição. Alessandro, do Corinthians, ficou com 6,5 na virada corintiana sobre o Grêmio, por 2 a 1, e é boa aposta para aparecer nas próximas seleções da rodada.

ZAGUEIROS

Na zaga, o capitão corintiano Chicão foi eficiente na defesa e ainda deu a sua contribuição ao bater pênalti com perfeição. O xerife alvinegro levou nota 7, a maior de um zagueiro na rodada inicial. Outro destaque foi Anderson, do Atlético-GO, que recebeu 6,5 na ajuda para segurar o ataque do Coxa. Emerson, do próprio Coritiba, foi um zagueiro que também foi bem, apesar da derrota. Os demais tiveram notas na média ou abaixo.

LATERAL-ESQUERDO

Muito pressionado pela torcida antes da partida, Egídio mostrou personalidade, tentou e acertou passes difíceis; além de ter sido uma excelente arma ofensiva do Flamengo contra o Avaí. Fez boas jogadas com Bottinelli e Ronaldinho pelo lado esquerdo. Saiu aplaudido de campo e ganhou nota 6,5. Os companheiros de posição que também merecem destaque são Thiago Feltri (Atlético-GO), Romano (Avaí) e Juninho (Figueirense). Feltri foi, inclusive, o autor do passe para o gol da vitória do Dragão sobre o Coritiba.

VOLANTES

Com uma capacidade impressionante de amadurecimento a cada partida, o jovem Casemiro parece um veterano comandando o meio-campo do São Paulo. De cabeça erguida, ele ajudou o ataque e ainda deu o belo passe que originou o gol de Dagoberto. Fez valer a sua nota 8. Outro destaque da posição na rodada foi Toró. Cumpriu bem o seu papel na marcação e ainda apareceu no ataque para abrir o placar do duelo atleticano, que os mineiros superaram os paranaenses por 3 a 0. Foi o primeiro gol do Brasileirão 2011. Por isso, é pertinente a nota 7,5. Richarlyson (Atlético-MG) e Willians (Flamengo) podem ser lembrados pela atuação que tiveram e têm destaque.

MEIAS

O lugar no time titular ele ainda não garantiu. Mas, no coração da torcida vascaína, Bernardo já tem seu espaço. E este carinho cresceu ainda mais depois de sua atuação no sábado. Com dois chutes de rara felicidade, ele foi decisivo para a vitória cruzmaltina sobre o Ceará, por 3 a 1, em Fortaleza. Por tudo isso, ganhou nota 8. A mesma avaliação na rodada inicial teve Lucas, do São Paulo. Suas arrancadas características chamaram ainda mais atenção diante do Fluminense. Numa delas, fez um dos gols mais belos do fim de semana. Deu bons dribles e criou outras chances, denotando a superioridade são-paulina em São Januário. Thiago Neves (Flamengo), Rafinha (Coritiba), Wellington Nem (Figueirense) e Rodriguinho (América-MG) também ganham menção honrosa e boas notas.

ATACANTES

Desde a sua estreia pelo Flamengo, em fevereiro, Ronaldinho teve a sua melhor atuação pelo clube carioca neste sábado, contra o Avaí. Com um de categoria, uma assistência e dribles que têm o seu selo de qualidade, o camisa 10 recebeu nota 9. Não é de hoje que Dagoberto vem sendo um dos destaques do São Paulo. Contra o Fluminense não foi diferente. Foi certeiro na grande oportunidade que teve e infernizou a defesa do Flu com jogadas de habilidade e velocidade. Também ganhou nota 9. Magno Alves, do Atlético-MG, também ganha destaque pelos dois gols que fez contra o Furacão. Marcão (Atlético-GO), Liedson (Corinthians), Elton (Vasco), Souza (Bahia) e Kleber (Palmeiras) são outros nomes de atacantes que incomodaram um bocado as defesas de seus respectivos rivais na rodada de abertura do Brasileiro.            

veja também