MENU

Ronaldo não enfrenta o Fluminense

Médicos vetam Ronaldo contra o Flu amanhã

Atualizado: Terça-feira, 14 Setembro de 2010 as 1:42

Ronaldo não estará presente no jogo mais importante do Corinthians desde a eliminação na Taça Libertadores para o Flamengo. O jogador não se recuperou de dores na panturrilha direita e foi vetado pelos médicos do Timão após uma avaliação feita nesta manhã de terça-feira, no Parque São Jorge, desfalcando a equipe na partida contra o Fluminense, nesta quarta-feira, às 22h, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro.

A condição física do Fenômeno vinha preocupando a comissão técnica desde o fim de semana. O camisa 9 seria escalado contra o Grêmio, no último sábado, mas voltou a sentir dores no local já na concentração e acabou vetado. Depois disso, fez tratamento intensivo, mas não conseguiu melhorar a tempo.

Na segunda-feira, as chances de o atleta ser escalado eram remotas. Enquanto Roberto Carlos, também vetado diante dos gaúchos por dores na coxa direita, treinou normalmente no gramado contra a equipe sub-18, o atacante permaneceu na sala de fisioterapia e sequer calçou chuteiras para ir ao campo.

Desde a passagem de Mano Menezes pelo Corinthians, a escalação de Ronaldo vem sendo tratada com muita cautela. O jogador nunca foi relacionado para as partidas sem que tenha feito ao menos um trabalho com bola no gramado. Com Adilson Batista no comando, os cuidados permanecem, principalmente pela dificuldade que o craque vem tendo em se recuperar de lesões e dores musculares.

O problema na panturrilha direita está tirando o sono dos médicos do Corinthians. Ronaldo se lesionou logo após a primeira rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-PR, no Pacaembu. Por conta disso, foi afastado dos treinamentos com a promessa de que voltaria a atuar normalmente após a Copa do Mundo.

Isso, contudo, não aconteceu. O craque passou a se queixar de dores no púbis e só reapareceu no dia 29 de agosto, diante do Vitória, quando foi substituído aos 17 minutos do segundo tempo. Depois, voltou a ser poupado frente ao Goiás e atuou em 45 minutos na Arena da Baixada contra o Atlético-PR.

Sem a principal estrela à disposição, Adilson Batista deve manter Jorge Henrique e Iarley no ataque. Dentinho, também machucado (coxa direita), está fora, enquanto Souza não consegue agradar à comissão técnica.

- Tenho o Iarley e Souza para colocar junto com o Jorge. Preciso passar tranquilidade para eles. Conversei com o Ronaldo, ele se mostrou com vontade, mas sentiu desconforto e decidimos poupá-lo. No treino da tarde vamos trabalhar para acertar o time.

veja também