MENU

Ronaldo sobre Adriano: 'Senti um certo desejo dele de jogar aqui'

Ronaldo sobre Adriano: 'Senti um certo desejo dele de jogar aqui'

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 8:51

Ronaldo tentou desconversar, mas admitiu que está tentando trazer Adriano para o Corinthians. O Fenômeno revelou que o Imperador não está feliz no Roma-ITA, porém, lembrou que a negociação só caminhará se o centroavante realmente tiver o desejo de desejar a Europa e voltar ao Brasil. Já a diretoria do Timão mantém o discurso pouco confiante e trata a transação como algo quase impossível.

- Eu não falei com o Adriano...essa não ficou muito verdadeira, né (risos)?! Falei, sim, com o Adriano e ele não está feliz no Roma. Ele gostaria de estar jogando, mas não vem tendo oportunidades. É uma situação complicada. Ele tem que resolver a situação lá. É lógico que, quando ele resolver, as portas aqui do clube estarão abertas. Senti um certo desejo dele de jogar aqui, sim – afirmou o camisa 9 alvinegro.

O Fenômeno lembra que a vontade de Adriano de se transferir pesará muito neste momento. Depois de o Flamengo ser eliminado nas quartas de final da Libertadores 2010, o Imperador voltou à Europa com a esperança de superar todos os problemas enfrentados no Inter de Milão. Entretanto, praticamente não atuou pelo Roma e já estaria pensando em regressar ao Brasil para ficar perto da família.

- As coisas são simples. Tudo depende da vontade do jogador. Por experiência própria, eu mudei de clube algumas vezes e todas as vezes que mudei foi porque quis e briguei por isso. Ninguém me deteve. Às vezes, com prejuízos financeiros e em outras até com prejuízos esportivos, por trocar uma equipe melhor por outra pior. Mas sempre foi pela minha vontade. No futebol, sempre vai depender do jogador, do desejo dele. Se o Adriano quiser jogar no Corinthians, nós queremos que ele venha – ressaltou.

Ronaldo e Adriano conversam toda semana por telefone ou pela internet. Mais do que tentar trazer o amigo para o país de origem outra vez, o Fenômeno quer também um companheiro de ataque e um substituto à altura, principalmente pelo Timão disputar a Taça Libertadores novamente em 2011.

- A realidade é que qualquer clube no mundo teria interesse em ter o Adriano e acho, falando por mim e pelo Corinthians, que seria uma grande contratação. Mas como qualquer contratação por si só já é complicada, contratar o Adriano deve ser ainda mais. Eu não indico ninguém. Eu só perguntei se interessaria, mas não depende de mim ou do presidente – disse.

O discurso do presidente Andrés Sanches é menos otimista que o de Ronaldo. O dirigente evita dar esperanças à torcida de ver o Imperador com a camisa alvinegra em 2011 e garante que nunca conversou com o empresário Gilmar Rinaldi sobre a possibilidade de contratá-lo.

- Impossível é só a morte. Oficialmente, o Corinthians não negociou. O Gilmar esteve aqui meia

hora e não conversamos nada. Isso é coisa do Ronaldo com o Adriano. Desde que o Ronaldo faça dez cheques pré-datados do salário dele, o Adriano pode vir – afirmou.

Sanches não acredita que o Corinthians consiga repetir com Adriano o mesmo sucesso de marketing que o clube teve com Ronaldo. Boa parte dos patrocínios arrecadados vão para os bolsos do Fenômeno. Como todas as cotas estão vendidas e a camisa abarrotada de marcas, o Timão não vê outro caminho para fazer dinheiro.

- Se vocês falarem para mim que tenho que contratar o Adriano perante o Roma é impossível. Mas, se liberar e vier em troca do salário, pode ser. Mas no marketing, dividir com o Ronaldo, não dá – completou.

Por: Carlos Augusto Ferrari e Diego Ribeiro

veja também