MENU

Rosberg está otimista com progresso da Mercedes

Rosberg está otimista com progresso da Mercedes

Atualizado: Quinta-feira, 6 Maio de 2010 as 4:15

O alemão Nico Rosberg ficou bastante motivado com a sua equipe após a pausa de três semanas entre as temporadas asiática e europeia da Formula 1. Para ele, o tempo serviu para que importantes alterações fossem implementadas e, assim, ele projeta um futuro promissor para o time ainda na temporada 2010.

Rosberg tornou-se o segundo colocado na tabela após a prova do GP da China, última da temporada, ao conseguir um terceiro lugar - o mesmo obtido na prova anterior, na Malásia - e chegou aos 50 pontos, dez a menos que o líder Jenson Button, da McLaren, e um acima de Lewis Hamilton (McLaren) e Fernando Alonso (Ferrari). A subida de produção pode aumentar, segundo ele, após as alterações que o carro mostrará na Espanha no final de semana.

''Estamos em segundo e se o carro realmente melhorar como esperamos... Eu estava na fábrica dois dias atrás e é muito promissora a forma como eles mostraram o desenvolvimento dele. Então me sinto muito otimista que o carro pode ficar forte. Se isso for suficiente para estarmos na briga pelo campeonato, precisaremos esperar para ver'', explicou o jovem piloto alemão.

Apesar do excesso de confiança no trabalho de seus engenheiros, ele não sabe se pode se considerar dentro da briga pela ponta. Nico só quis agradecer o desempenho que teve até então, após quatro GPs ocorridos na temporada.

''Estou muito contente com a minha posição no campeonato. Acho que fizemos a melhor das quatro primeiras corridas, dirigindo um carro com o qual não era possível vencer. Mas é uma boa base para continuar melhorando'', afirmou.

''É difícil falar, por ser algo que depende dos outros. Estamos fazendo um ótimo trabalho no desenvolvimento do carro, isso é claro. Acredito que todos dentro do time, liderados por Ross (Brawn, chefe da Mercedes), estão trabalhando duro e fazendo isso acontecer'', comentou.

Por fim, Rosberg aproveitou para defender o companheiro de equipe, Michael Schumacher, que está tendo um começo bastante fraco em relação às expectativas que foram criadas pelo seu retorno à F-1 após três anos de descanso.

''Precisamos ser cuidadosos com isso, porque ainda é cedo. E posso dizer com certeza que na Malásia estávamos rápidos. Ele (Schumacher) estava muito veloz na Malásia e o desempenho em Xangai foi algo totalmente anormal que precisamos observar. Estou convencido de que ele vai melhorar e ainda batalharemos pelo resto da temporada'', sentenciou Nico.

veja também