MENU

Roth elogia atuação de 'ex-volante' Guiñazu improvisado como meia

Roth elogia atuação de 'ex-volante' Guiñazu improvisado como meia

Atualizado: Sexta-feira, 25 Fevereiro de 2011 as 10:22

O técnico Celso Roth já deixou claro a intenção de fixar Guiñazu na meia esquerda novamente, como o argentino fazia nos tempos de Libertad, de 2004 a 2007, antes de chegar ao Inter como volante. Na partida dessa quarta, na vitória de 4 a 0 sobre o Jaguares, pela Libertadores, o "ex-volante" colorado teve uma atuação discreta. Um dos motivos foi a forte marcação imposta pelos mexicanos. Mas problemas para se readaptar como meia? Roth rejeita essa hipótese.

- Ele não tem problema de adaptação à antiga função porque ele tem qualidade e entrega. Não apareceu tanto na frente porque tivemos dificuldades. Se o Jaguares não nos atacou, teve muita posse de bola - afirmou o treinador.

Um dos motivos para que Guiñazu não tenha aparecido tanto na partida foi a característica que o meio-campo adotou nessa partida. Sem os lesionados Tinga e D'Alessandro, que possuem como forte característica o toque de bola, Guiña teve como parceiro na armação Zé Roberto, jogador de características diferentes.

- Para que ele tenha um complemento melhor e maior, precisa de um D'Alessandro, de um Tinga, de um Oscar ao lado, que tem toque de bola, passam rápido. O Zé Roberto tem mais a característica de buscar a vitória pessoal nas jogadas - analisou o técnico colorado.    

veja também