MENU

Rubinho desabafa no Twitter: 'Agora muitos entenderam como foi em 2002'

Rubinho desabafa no Twitter: 'Agora muitos entenderam como foi em 2002'

Atualizado: Terça-feira, 27 Julho de 2010 as 2:07

Após o GP da Alemanha, Rubens Barrichello procurou não falar muito sobre o novo vexame da Ferrari, que mandou Felipe Massa ceder a vitória para Fernando Alonso, atitude que causou muita polêmica na Fórmula 1. Dois dias após toda a confusão, o brasileiro da Williams, em sua página no Twitter, fez um desabafo sincero, lembrando todos os problemas que passou desde a ordem da equipe italiana no GP da Áustria de 2002. Na ocasião, o piloto foi obrigado a abrir mão da vitória, mesmo após dominar todos os treinos do fim de semana e liderar toda a prova. Para mostrar ao mundo o que acontecia, ele só deu passagem a Michael Schumacher na reta de chegada.

- Recebi todo tipo de comentário sobre o episódio de domingo... Muitos entenderam (só agora) como foi em 2002 e agora entenderam também porque deixei a Ferrari um ano antes do final do contrato. Posso não ter sido campeão na época, mas fui sempre justo - diz Barrichello.

No caso de 2010, a Ferrari já recebeu uma multa de US$ 100 mil (cerca de R$ 178 mil) por atitude antidesportiva e será julgada pelo Conselho Mundial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) no dia 10 de setembro, na sede da entidade na Place de la Concorde, em Paris. A equipe italiana terá de se explicar após ter sido considerada culpada por ter ordenado a troca de posições entre seus pilotos no GP da Alemanha. O resultado da corrida em Hockenheim ainda está sub júdice. Mas Barrichello prefere deixar o assunto para trás e confia em um bom futuro na Williams.

- Pronto, falei. Agora é página virada. Estou na equipe em que quero estar, a ponto de assinar por mais um ano. Quero ser campeão com a Williams.

veja também