MENU

Saída de jogadores de renome pega a torcida do Atlético-MG de surpresa

Saída de jogadores de renome pega a torcida do Atlético-MG de surpresa

Atualizado: Quinta-feira, 10 Março de 2011 as 3:42

Com a permanência na Série A, após a luta contra o rebaixamento que durou até as últimas rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, a diretoria do Atlético-MG começou a temporada reforçando o elenco. Foram 11 contratações, levando o elenco a contar com 38 jogadores. Por isso, a diretoria chegou a dispensar e emprestar alguns, deixando o grupo mais enxuto.  

No entanto, a "barca" atleticana incluiu nomes que foram celebrados pela torcida na época de suas contratações. Mesmo com a chegada de nomes como o de Leonardo Silva, Richarlyson e Jobson, a torcida alvinegra ficou órfã de três jogadores importantes: Obina, Diego Tardelli e Diego Souza.

Os dois atacantes partiram em busca das cifras oferecidas pelo futebol estrangeiro. O primeiro foi para a China, e o segundo, para a Rússia. Já o meia, em busca de mais chances de atuar, acertou a sua transferência para o Vasco.

Com a saída desses três jogadores, o elenco continua grande: 33 atletas - o volante Fabiano rescindiu o contrato amigavelmente, enquanto o meia Nikão, ex-jogador do santos, está emprestado ao Bahia. No entanto, principalmente com a falta de Obina e Tardelli, dupla que por muitas vezes foi a titular do ataque do Atlético-MG, há especulações de que a diretoria busque por reforços.

Já Diego Souza, que chegou com as credenciais de Craque do Brasileirão de 2009, prêmio conquistado pela ótima temporada que fez no Palmeiras, ficou menos de um ano no Galo. O jogador, que atuou em 35 partidas, marcou apenas cinco gols. O investimento para trazer o meia foi alto: o Atlético-MG comprou 50% dos direitos econômicos de Diego por 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 6,9 milhões).

Relembre a chegada e a saída dos três

9 de janeiro de 2009: Diego Tardelli é contratado ao Flamengo. Ao longo do primeiro ano no Galo, ganhou a confiança da torcida, tendo inclusive conquistado a artilharia do Campeonato Brasileiro. Mas no início de março de 2001 o "casamento" chegou ao fim: em seu Twitter, o atacante anunciou que agora faz parte do Anzhi Makhachkala, da Rússia. O atacante saiu do clube com 73 gols em 114 jogos.

23 de janeiro de 2009: pouco mais de um anos após a chegada de Tardelli, foi a vez de outro ex-jogador do Flamengo chegar ao Atlético-MG: Obina. Ao desembarcar em Belo Horizonte, ele foi recebido com festa pela torcida. Mesmo tendo vestido a camisa alvinegra por pouco tempo, o atacante caiu nas graças da torcida. Em janeiro, partiu para a China com o apelido de "Capitão" Obina.

O Atlético-MG pagou R$ 1,75 milhão por 50% dos direitos do jogador. Deste valor, R$ 1 milhão foi destinado ao Flamengo, que também teve direito a mais 30% do valor na transferência do atacante para o futebol chinês. Em 39 partidas pelo Galo, Obina marcou 27 gols.

1º de julho de 2010: em julho, foi a vez de os torcedores irem receber Diego Souza, que estava no Palmeiras, no aeroporto. Na época, o diretor de futebol do Galo, Eduardo Maluf, chegou a dizer que o meia havia sido "a grande contratação do ano" no futebol brasileiro. Oito meses depois, o jogador, sem muitas chances no elenco do Galo, foi negociado com o Vasco.      

veja também