MENU

Saimon confia na força das 'canteras' do Estádio Olímpico

Saimon confia na força das 'canteras' do Estádio Olímpico

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 10:23

Com problemas de lesão e descartando jogadores fora dos planos, o técnico Renato Gaúcho precisa recorrer aos jovens para escalar o time do Grêmio que enfrenta o Corinthians às 16h de domingo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Um dos escolhidos é o zagueiro Saimon, de 20 anos, até então pouco aproveitado.

Além dele estarão na equipe o lateral-direito Mário Fernandes, o volante Adilson e o atacante Leandro, todos revelados no Estádio Olímpico. Sem fazer comparações técnicas, Saimon lembra que a mesma fórmula é utilizada com sucesso pelo Barcelona, que recorre a suas 'canteras' - como são chamadas as categorias de base na Espanha - para formar elencos vencedores.

- A gente está aqui há alguns anos já, a maioria de nós tem bastante tempo na base. Você pode fazer um time com jogadores experientes, mas também pode fazer com jogadores jovens e dar certo. Hoje o time do Barcelona tem dez jogadores formados na base, sem comparação nenhuma com eles, mas tem que testar sim. A gente tem que estar preparado - afirmou.

À vontade em uma entrevista coletiva repleta de repórteres na sala de conferências do Olímpico, Saimon afirma que se expressar bem é herança da boa convivência familiar que tem:

- Sempre tive uma relação muito aberta para conversar com os adultos da minha família, e conversar com os mais velhos me ajudou neste aspecto, de ter mais espontaneidade.

A respeito das especulações sobre dispensas e contratações, Saimon garante que os jovens pouco utilizados no grupo principal - potencialmente os maiores candidatos a sair - estão tranquilos.

- Não há certeza de quem fica, de quem sai, mas o Grêmio tem uma safra muito boa do pessoal que veio da base. As oportunidades vão aparecer para todo mundo - concluiu.          

veja também