MENU

Sanches vê Timão louco e procura equilíbrio para os cofres alvinegros

Sanches vê Timão louco e procura equilíbrio para os cofres alvinegros

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 8:05

Um Corinthians forte, mas mais econômico. Essa é a meta da diretoria alvinegra para 2011. Pelo menos no discurso. O presidente Andrés Sanches admitiu esta semana que gastou demais no ano do centenário. Teve boa receita, é verdade, mas segundo o mandatário teve 30% a mais de gastos do que o previsto.

- O futebol, como um todo, está com um orçamento alto. Se você deixa um pouco de paixão superar a razão faz loucura. Espero que ano que vem o Corinthians não perca a mão. Este ano nós passamos 30% do que pretendíamos gastar – declarou o presidente da equipe do Parque São Jorge.

Em patrocínios, o Corinthians conseguiu mais de R$ 50 milhões no ano. Mas o gasto com a folha de pagamento, por exemplo, atingindo os R$ 7 milhões. E mais: Andrés Sanches declarou durante 2010 que o clube fez investimento de R$ 36 milhões no time. Algo que, segundo ele, está fora da zona de equilíbrio.

- Temos de tomar cuidado com as despesas. Temos de achar um equilíbrio. Não adianta nada aumentarmos as receitas e continuarmos gastando muito na proporção. A razão tem de superar a paixão – completou Andrés Sanches.

Para a temporada de 2011, a ideia da diretoria alvinegra é contratar reforços pontuais. Nada de exagero em quantidade. Até agora, só o zagueiro Wallace foi contratado. Adriano está na mira. E mais um meia, um lateral-esquerdo e zagueiro.

veja também