MENU

Santos admite folgas mas promete seriedade na reta final do Brasileiro

Santos admite folgas mas promete seriedade na reta final do Brasileiro

Atualizado: Segunda-feira, 31 Outubro de 2011 as 11:10

Tata nega time de reservas contra o Vasco

(Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC) Longe da briga contra o rebaixamento, o Santos se concentra agora na preparação para o Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Na avaliação da comissão técnica, alguns jogadores precisão de descanso nas últimas seis rodadas do Campeonato Brasileiro, mas sem exageros. O auxiliar Tata descarta a utilização de apenas reservas diante do Vasco, domingo, às 17h, na Vila Belmiro.

- Todo mundo vai ter sua folga, mas nada de especial. Vai ser normal. Estamos vendo com calma o que vamos fazer - afirmou.

O Peixe promete seriedade na reta final do Brasileirão, mesmo não tendo qualquer ambição de chegar ao título ou escapar da queda para a Série B. Nos últimos dois anos, o torneio ficou marcado por supostas "entregas" para prejudicar rivais que lutavam pelo título. O Corinthians, por exemplo, acusa São Paulo e Palmeiras de facilitar partidas para prejudicá-lo e, consequentemente, perder a taça. O Peixe promete empenho.

- Vamos jogar com a mesma postura de vencedor. Estamos sempre prontos para ganhar as partidas - acrescentou Tata.

O Santos não quer tirar de ação todos os seus titulares por temer a perda de ritmo. Além disso, os atletas terão bons períodos de descanso, sobretudo pelo espaçamento entre os confrontos. Até o final, o Alvinegro fará apenas mais um jogo no meio da semana, contra o Atlético-GO, dia 17 de novembro, no Pacaembu.

- Vamos jogar no último mês só aos domingos. Podemos descansar alguns jogadores, mas são 15 dias de folga. Dá para controlar bem isso - completou Tata, que deve voltar ao posto de auxiliar diante do Vasco, com o provável retorno de Muricy Ramalho, afastado por uma hérnia de disco.          

veja também