MENU

Santos se movimenta para garantir a Neymar salário de nível europeu

Santos se movimenta para garantir a Neymar salário de nível europeu

Atualizado: Quinta-feira, 13 Janeiro de 2011 as 4:04

O atacante Neymar, do Santos, vai voltar da Seleção Brasileira sub-20 com mais dinheiro no bolso. Como parte do projeto de carreira que foi acertado entre o clube e o jogador em agosto do ano passado, que fez com que o craque recusasse uma proposta do Chelsea, o Peixe tem funcionado como uma agência de publicidade para Neymar. Com isso, o clube tem a possibilidade de proporcionar ao jogador um ganho que se equivale ao que ele receberia na Inglaterra. A primeira empresa desse acordo foi a Seara, que usa a imagem do garoto e ajuda a incrementar os salários de Neymar. O contrato terminou em dezembro, mas está em vias de ser renovado. Quando o garoto voltar do Campeonato Sul-Americano sub-20, ele irá assinar contrato com a Red Bull.

E existem mais empresas procurando o Santos interessadas em atrelar a imagem do atleta a seus produtos. Essa foi a forma encontrada de segurar Neymar na Vila Belmiro. O Santos fica responsável por pagar R$ 160 mil mensais ao jogador, valor que está dentro do teto salarial do clube. No entanto, no acordo assinado em agosto do ano passado, o Alvinegro se comprometeu a aumentar muito esse valor com receitas de Marketing. A meta é fechar com pelo menos mais dois contratos para garantir a Neymar salários de cerca de R$ 500 mil. Valor que pode até ser extrapolado caso novos acordos venham a ser fechados.

A ideia do Departamento de Marketing do Santos é usar bem a imagem do jogador. O clube está aberto a propostas, mas tudo será estudado. Existe uma preocupação para não exagerar na dose para não haver risco de superexposição.

- Não há um limite e tudo depende das propostas que recebermos. Vamos trabalhar para conseguir algo que seja suficiente para dar ao Neymar um bom salário - explica o gerente de novos negócios do Departamento de Marketing santista, Eduardo Musa, que também cuida do gerenciamento da carreira do atleta. Além de Seara e Red Bull, o Santos deverá fechar com mais duas empresas, cujos nomes ainda serão definidos.

Mas não é só Neymar quem ganha com esses contratos de propaganda. Por contrato, o Santos tem direito a ficar com 30% das receitas arrecadadas com a imagem do atleta, que fica com o restante.

- Nossa ideia não é vender o jogador, mas o espetáculo. É possível gerar receita mantendo as nossas estrelas. Acho que temos de acabar com essa história de formar jogadores para o futebol europeu – afirma o presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.

Por: Adilson Barros

veja também