MENU

São Paulo é o único time que não figurou no G-4 ou Z-4

São Paulo é o único time que não figurou no G-4 ou Z-4

Atualizado: Quarta-feira, 10 Novembro de 2010 as 1:36

Desde que o sistema de pontos corridos foi adotado no Campeonato Brasileiro, em 2003, o torcedor são-paulino está acostumado a ver seu time como protagonista. Com exceção de 2005, quando o clube usou a competição apenas como preparação para o Mundial da Fifa e terminou na modesta 11ª colocação, o Tricolor sempre esteve nas cabeças. Em 2003, 2004 e 2009 ficou em terceiro. Em 2006, 2007 e 2008, foi o campeão. Mas, em 2010, a realidade é bem diferente.

Faltando quatro rodadas, o São Paulo é o único time que disputa o Campeonato Brasileiro que pode ser chamado de café com leite, ou seja, não entrou nem no G-4, a zona da Libertadores da América, ou no Z-4, o grupo das quatro piores equipes e que serão rebaixadas. Na parte de cima, o máximo que conseguiu foi chegar ao sexto lugar. Se tivesse vencido o Corinthians, no último domingo, assumiria a quinta colocação. Na zona inferior, o time ficou por quatro rodadas na 15ª colocação, apenas duas à frente da zona da morte.

O fraco desempenho no Brasileirão é apenas uma extensão do que ocorreu em toda a temporada. O time derrapou no Campeonato Paulista, parou na semifinal da Libertadores e luta contra o imponderável para ainda sonhar com uma vaga na principal competição do continente em 2011. Para o técnico Paulo César Carpegiani, o que está ocorrendo agora é fruto de decisões erradas tomadas anteriormente.

- O São Paulo precisa ter a nobreza de saber que às vezes não é possível. O grande erro foi apostar tudo na Libertadores. Quando você faz isso, não resta espaço para mais nada. O clube pagou um preço muito caro. E ainda teve o azar da Copa do Mundo. Antes da Copa, o time estava muito melhor que o Internacional. E hoje estamos pagando o preço. Paciência. Tem de passar por cima de tudo isso.

E o erro de planejamento poderá custar caro em 2011. Sem vaga na Libertadores, a diretoria vai diminuir sensivelmente seus investimentos no futebol, já que deixam de entrar no clube aproximadamente R$ 15 milhões, relativos a bilheterias, premiações e cotas pagas pela Confederação Sul-Americana de Futebol. Questionado sobre o assunto, o diretor de futebol, João Paulo de Jesus Lopes, disse que não era o momento de pensar nisso.

- Sinceramente, teremos de esperar até o final do Campeonato Brasileiro. Eu ainda acho que conquistaremos uma vaga na Libertadores.

Se terminar em quarto lugar, o São Paulo terá de torcer para que nenhuma equipe brasileira vença a Copa Sul-Americana. Palmeiras, Atlético-MG, Goiás e Avaí ainda estão no torneio. Caso um deles seja campeão, o Campeonato Brasileiro dará apenas três vagas à Libertadores, já que uma ficará com o melhor time da Sul-Americana.

Por: Marcelo Prado

veja também