MENU

São Paulo, Inter e Cruzeiro formam a elite do Brasileiro nos pontos corridos

São Paulo, Inter e Cruzeiro formam a elite do Brasileiro nos pontos corridos

Atualizado: Terça-feira, 8 Dezembro de 2009 as 12

Classificados para a Copa Libertadores de 2010, ao lado do campeão Flamengo, São Paulo, Internacional e Cruzeiro acumulam as três melhores campanhas históricas no Campeonato Brasileiro desde que a competição passou a ser disputada no formato atual, por pontos corridos, a partir de 2003.

Três vezes campeão (2006, 2007 e 2008) e outras três vezes terceiro colocado (2003, 2004 e 2009), o São Paulo lidera essa tabela, tanto no total de pontos (513) como no aproveitamento (59,79%).

O Inter, que estava em quarto lugar até o ano passado, subiu para a segunda posição, com 459 pontos e 53,50% de aproveitamento, seguido muito de perto pelo Cruzeiro, que soma 458 pontos, 53,38% dos que disputou.

Quem perdeu espaço nos últimos dois anos foi o Santos. Depois de brigar até a última rodada para não cair em 2008, e de ficar na zona intermediária neste ano, o time caiu da segunda para a quarta posição, com 455 pontos, aproveitamento de 53,03%.

A lista por aproveitamento tem o Palmeiras em quinto lugar, mas o Verdão aparece bem atrás no total de pontos, em nono lugar, já que disputou um campeonato a menos ? em 2003, estava na Série B, depois de ser rebaixado no ano anterior. Em sexto no aproveitamento há outro time no mesmo caso, o Corinthians, rebaixado em 2007 e fora da disputa em 2008.

Em sete anos, 36 times participaram ao menos uma vez do Brasileiro, e apenas oito conseguiram estar presentes em todas as sete edições: São Paulo, Inter, Cruzeiro, Santos, Flamengo, Goiás, Atlético-PR e Fluminense. Não por acaso, são os oito primeiros na soma de pontos, e todos eles estão novamente no campeonato em 2010, mantendo a regularidade.

O balanço aponta números curiosos, como o fato de o Flamengo, campeão de 2009, ter somado no período exatamente os mesmos 419 pontos do Goiás, o que deixa ambos em quinto na soma dos pontos, e em oitavo por aproveitamento. A surpresa nessa conta do desempenho é o Avaí, que só jogou um campeonato e, com bom desempenho ? conquistou 50% dos pontos que disputou ?, tem o sexto melhor aproveitamento entre os 36 clubes.

Esse número crescerá em 2010 com a presença de Atlético-GO e Ceará, que serão estreantes nos pontos corridos. Vasco e Guarani, que já têm experiência nesse tipo de campeonato, tentarão melhorar seus números: o time carioca é o 19º colocado no aproveitamento, e o Bugre de Campinas está em 24º lugar.

Veja quem somou mais pontos na era dos pontos corridos (entre parênteses, o número de participações):

1 - São Paulo - 513 (7)

2 - Internacional - 459 (7)

3 - Cruzeiro - 458 (7)

4 - Santos - 455 (7)

5 - Flamengo - 419 (7)

5 - Goiás - 419 (7)

7 - Atlético-PR - 402 (7)

8 - Fluminense - 384 (7)

9 - Palmeiras - 378 (6)

10 - Corinthians - 363 (6)

11 - Grêmio - 341 (6)

12 - Figueirense - 335 (6)

13 - Atlético-MG - 331 (6)

14 - Vasco - 317 (6)

15 - Botafogo - 316 (6)

16 - Coritiba - 282 (5)

17 - Paraná - 281 (5)

18 - Juventude - 266 (5)

19 - São Caetano - 215 (4)

20 - Vitória - 204 (4)

21 - Ponte Preta - 204 (4)

22 - Paysandu - 148 (3)

23 - Fortaleza - 142 (3)

24 - Sport - 134 (3)

25 - Náutico - 131 (3)

26 - Criciúma - 110 (2)

27 - Guarani - 110 (2)

28 - Avaí - 57 (1)

29 - Barueri - 49 (1)

30 - Bahia - 46 (1)

31 - Santo André - 41 (1)

32 - Brasiliense - 41 (1)

33 - Portuguesa - 38 (1)

34 - Ipatinga - 35 (1)

35 - Santa Cruz - 28 (1)

36 - América-RN - 17 (1)

Os melhores aproveitamentos dos pontos corridos:

1 - São Paulo - 59,79%

2 - Internacional - 53,50%

3 - Cruzeiro - 53,38%

4 - Santos - 53,03%

5 - Palmeiras - 52,50%

6 - Avaí - 50,00%

7 - Flamengo - 48,83%

7 - Goiás - 48,83%

9 - Corinthians - 48,79%

10 - Atlético-PR - 46,85%

11 - Grêmio - 46,58%

12 - Figueirense - 45,03%

13 - Coritiba - 44,76%

14 - Fluminense - 44,76%

15 - Paraná - 44,60%

16 - Atlético-MG - 44,49%

17 - Botafogo - 43,89%

18 - Barueri - 42,98%

19 - Vasco - 42,61%

20 - Juventude - 42,22%

21 - São Caetano - 41,67%

22 - Vitória - 40,48%

23 - Criciúma - 39,86%

24 - Guarani - 39,86%

25 - Ponte Preta - 39,53%

26 - Sport - 39,18%

27 - Náutico - 38,30%

28 - Fortaleza - 37,57%

29 - Paysandu - 36,82%

30 - Santo André - 35,96%

31 - Bahia - 33,33%

32 - Portuguesa - 33,33%

33 - Brasiliense - 32,54%

34 - Ipatinga - 30,70%

35 - Santa Cruz - 24,56%

36 - América-RN - 14,91%

veja também