MENU

São Paulo leva virada do Goiás e despenca para quarto

São Paulo leva virada do Goiás e despenca para quarto

Atualizado: Segunda-feira, 30 Novembro de 2009 as 12

O São Paulo entrou em campo com a chance de se tornar campeão brasileiro com antecipação, neste domingo, mas perdeu por 4 a 2 para o Goiás e despencou para a quarta colocação. Depois da derrota no jogo incrível, o time de Ricardo Gomes ficou bem mais distante do sonho de levantar o troféu nacional pela sétima vez.

Além de levar a virada no Serra Dourada, o Tricolor ainda foi prejudicado pelos resultados de seus concorrentes diretos. O Flamengo venceu o Corinthians, tirou o Jason da ponta e assumiu a dianteira, com 64 pontos. Internacional e Palmeiras chegaram aos 62, mesmo número do Tricolor, que leva desvantagem nos critérios de desempate.

Washington abriu o placar, mas Vítor, Rithelly e Fernandão viraram a contagem. O Coração Valente ainda descontou, mas Léo Lima deu números finais ao placar.

Com isso, para chegar ao título, o Tricolor não depende mais das próprias forças. Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo precisará de uma vitória sobre o Sport, no Morumbi, e ainda terá de torcer por tropeços de Flamengo e Internacional, além da necessidade de passar o Palmeiras no saldo de gols.

Pressão e virada:A luta pelo título nacional fez o São Paulo começar com uma forte disposição no Serra Dourada, aplicando uma marcação que dificultou o trabalho do Goiás. Para chegar ao ataque, o time de Ricardo Gomes apostou principalmente nas bolas levantadas na área. Desta forma, o Tricolor chegou logo com perigo. Pouco tempo depois de pedir um pênalti, Washington recebeu na área e ajeitou para Hernanes, que finalizou muito perto do travessão.

Na jogada seguinte, aos 16 minutos, o time visitante abriu o placar. Hernanes cobrou falta na área e Jorge Wagner cabeceou, exigindo ótima defesa de Harlei. No rebote, Washington marcou o gol. Em vantagem, o São Paulo se lançou com mais afinco ao ataque. Jorge Wagner fez jogada individual na área e errou o alvo.

Porém, como os donos da casa pareciam pouco interessados no jogo, o Tricolor cochilou atrás e foi castigado. Aos 21, Vítor entrou na área pela direita, encarou Junior Cesar e soltou um foguete, no ângulo, para marcar um golaço. A equipe de Ricardo Gomes, então, ainda voltou ao ataque para tentar balançar as redes, insistindo nas jogadas aéreas, mas o time esmeraldino se posicionou bem para afastar.

Do outro lado, o São Paulo continuou dando espaços ao lado direito do ataque goiano. Assim, Vítor recebeu e chutou com perigo, mas a bola desviou em André Dias. Na jogada seguinte, aos 38, uma boa troca de passes resultou na virada. Iarley pegou a bola na direita e passou para Léo Lima, que ajeitou para Rithelly passar pela marcação e finalizar para as redes.

O segundo gol do Goiás deixou o São Paulo apreensivo e, com isso, sem conseguir esboçar perigo até o fim da primeira etapa. Mesmo sem alterações no intervalo, o Tricolor voltou à etapa complementar com ainda mais pressa em buscar o ataque. Arouca fez ótima jogada individual pela intermediária e passou para Washington, que foi travado no momento do chute. Os são-paulinos pediram um pênalti em toque de mão de Ernando, mas o árbitro considerou a jogada normal.

Porém, com os avanços ao ataque, o Tricolor passou a dar mais espaço atrás. Assim, em rápido contragolpe, Rithelly observou Vítor correndo livre, mas Ceni chegou antes na bola. O jogo ficou mais forte na marcação, com o time esmeraldino cometendo fortes faltas.

Título distante: O técnico Hélio dos Anjos tentou dar mais velocidade ao time com a entrada de Júlio César, na vaga de Douglas. Coincidentemente, logo depois, aos 21, o time esmeraldino ampliou a vantagem. Fernandão recebeu cruzamento na área e cabeceou para as redes.

Só então o técnico Ricardo Gomes teve tempo de fazer uma alteração que já estava preparando. Marlos entrou no lugar de Rodrigo, abrindo o Tricolor. E o jogo ficou emocionante. Washington cumpriu sua promessa de dar a vida em campo. Aos 25, Hugo fez o passe para o Coração Valente, que driblou Harlei e chutou para o gol.

Porém, apenas dois minutos depois, Léo Lima carregou a bola perto da área e soltou um chute certeiro, marcando o quarto gol do Goiás. Sem opções, o São Paulo se lançou ao ataque. Washington cobrou falta e exigiu boa defesa de Harlei. Já Jorge Wagner invadiu a área e mandou muito perto da trave.

Gomes fez mais uma alteração, colocando Oscar no lugar de Jorge Wagner. O Tricolor exerceu forte pressão, com jogadas de perigo, e até reclamou de um suposto toque de mão na área, mas não conseguiu evitar a derrota.

veja também