MENU

São Paulo se apega ao passado para acreditar em vaga na Libertadores

São Paulo se apega ao passado para acreditar em vaga na Libertadores

Atualizado: Terça-feira, 29 Novembro de 2011 as 10:40

Apesar das dificuldades, Lucas ainda acredita em

vaga na Libertadores (Foto: João Neto / VIPCOMM) Depois da derrota no clássico diante do Palmeiras, no último domingo, o São Paulo vai para a última rodada do Campeonato Brasileiro precisando vencer o Santos, em Mogi Mirim, e torcer por tropeços de Coritiba, Internacional e Figueirense para conquistar a última vaga do país para a Taça Libertadores da América do ano que vem.

- Temos de vencer e torcer por três milagres - resumiu o capitão Rogério Ceni após o último tropeço tricolor.

Apesar da tarefa não ser das mais simples, a história recente do São Paulo permite ao torcedor ainda acreditar com a classificação. Nos anos 80, dois casos de superação do clube podem servir de exemplo ao elenco comandado pelo técnico Emerson Leão.

Em 1981, o São Paulo perdeu a primeira partida da semifinal do Campeonato Brasileiro para o Botafogo, por 1 a 0, no Rio de Janeiro. Na partida de volta, apesar de a equipe carioca abrir 2 a 0 no marcador, o Tricolor conseguiu a virada história e avançou para a decisão com o Grêmio.

Mesmo com a classificação heroica, o título daquele ano ficou com a equipe gaúcha. Porém, se a conquista bateu na trave naquela temporada, o Tricolor conseguiu superar mais uma grande adversidade, em 1986, ano em que confirmou o segundo titulo nacional de sua história. A decisão foi diante do Guarani, que já fazia festa no estádio Brinco de Ouro com a vitória por 2 a 1, na prorrogação. Para sorte dos são-paulinos, faltando apenas dois minutos para o término da partida, Careca conseguiu o empate. Na decisão por pênaltis, vitória do São Paulo.

- Temos de lutar também. Enquanto tiver chances, nós vamos atrás. Está difícil, mas não impossível. Temos de acreditar, pois o futebol é imprevisível. Tudo ainda pode acontecer e precisamos ter fé nesta classificação - afirmou o meia Lucas.        

veja também