MENU

São Paulo validará os 96 gols de Ceni

São Paulo validará os 96 gols de Ceni

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 10:01

Com o gol marcado no último domingo, contra o Mogi Mirim, pelo Paulistão, Rogério Ceni chegou a 96 gols como jogador profissional, segundo estatísticas do São Paulo. Como o capitão está perto de alcançar o gol 100, o time paulista irá oficializar até a próxima quarta-feira que considera os 96 gols, diferentemente do que a Fifa adota, que é 94. E comemorará 100 gols do camisa 1 assim que ele marcar mais quatro vezes, o que deve não deve demorar a ocorrer.

O número de gols de Ceni gerou dúvida em 2006, quando o goleiro estava perto de bater o recorde de 62 gols do paraguaio José Chilavert, até aquele momento o camisa 1 com mais tentos marcados na história do futebol mundial. Por conta da comparação, o time paulista fez uma consulta à Fifa na ocasião para saber quais eram os números de Ceni considerados pela entidade. Na resposta, esta eliminou da lista dois gols do brasileiro com a camisa tricolor: um de 1998, em um amistoso entre São Paulo e um combinado de jogadores de Santos e Flamengo, no Morumbi, quando Ceni fez de falta; e outro de 2000, em uma partida entre o Tricolor e o Uralan (RUS), também no Morumbi, de falta, pelo Torneio Constantino Cury. Os duelos não foram considerados oficiais pela Fifa.

Após a consulta, o São Paulo adotou o critério da entidade, mas agora voltará a reconhecer estes dois gols, pulando a conta de 94 para 96. O principal argumento do clube é que gols feitos em amistosos com a camisa do São Paulo são contados para os números históricos de outros jogadores, como Serginho Chulapa (artilheiro absoluto do clube, com 242), e não haveria motivo para que não fosse assim também com Ceni.

Outro argumento que pode ser usado pelo São Paulo é o fato de que, na ocasião da consulta à Fifa, havia a comparação com números de outro jogador, no caso Chilavert, para uma marca que necessitava da aprovação da entidade por ter abrangência mundial. No caso dos 100 gols, é uma meta que só diz respeito ao próprio Ceni e por isso os dois gols podem ser considerados.

Por: Carolina Elustondo

veja também