MENU

Schumi revela papo com Massa após corrida: 'Ele não precisa de conselho'

Schumi revela papo com Massa após corrida: 'Ele não precisa de conselho'

Atualizado: Quinta-feira, 29 Julho de 2010 as 3:27

Michael Schumacher, ex-primeiro piloto da Ferrari e atualmente na Mercedes, contou que teve uma conversa com Felipe Massa sobre as ordens da equipe italiana após a polêmica do GP da Alemanha, no fim de semana passado. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o alemão disse procurou seu amigo, a quem chama de "irmão mais novo", após a prova em Hockenheim.

- Ele é experiente o suficiente para não precisar de um conselho meu. Tive uma pequena conversa com ele, mas é claro que a natureza dos assuntos são privados - diz Schumi, em evento da Mercedes em uma loja de carros próxima a Hungaroring.

Após uma bela largada, quando superou Fernando Alonso e Sebastian Vettel para assumir a liderança do GP da Alemanha, Felipe Massa segurou bravamente a pressão do companheiro de equipe. Resistiu aos ataques do espanhol, mas a Ferrari se intrometeu na briga na 49ª volta, e ele teve de ceder a posição, quase parando o carro na pista. Mas as ordens de equipe estão proibidas desde o episódio da Áustria em 2002, quando Schumacher foi beneficiado após a equipe italiana mandar Rubens Barrichello ceder a posição. O alemão e Massa foram companheiros em 2006.

Desde Hockenheim, alguns chefes de equipe pediram o banimento da proibição às ordens de equipe. Norbert Haug, vice-presidente da Mercedes, no entanto, acha que os fãs e os pilotos precisam ser levados em consideração na Fórmula 1.

- Não é fácil deixar todos fazerem o que quiserem. Estamos correndo para o público, a imprensa e todos interessados no esporte. Os caras nos carros precisam estar motivados. Se você diz desde o início que ele é o número dois e não pode ultrapassar, os pilotos não ficam motivados e você não alcançará nada. Precisamos ter isso em mente.

veja também