MENU

Schwenk brilha e Vitória vence Galo por 4 a 3

Schwenk brilha e Vitória vence Galo por 4 a 3

Atualizado: Quinta-feira, 27 Maio de 2010 as 7:28

Nesta quarta-feira, Vitória e Atlético - MG fizeram uma partida recheada de gols, contudo quem saiu de campo vencedor foi o clube baiano, que teve uma noite iluminada do atacante Schwenk, autor de três gols, e de Evandro, que se ''vingou'' de sua ex-equipe. O Galo bem que tentou, mas acabou perdendo por 4 a 3.

Logo aos 13 minutos, em um lance pela lateral direita, Nino chutou para dentro da área e Schwenk se antecipou aos marcadores atleticanos para inaugurar o placar em Salvador.

Mais consistente em campo, mas pecando nos passes, o Galo conseguiu buscar o empate. Após lindo passe do meio-campista Ricardinho, Muriqui pegou de primeira e fez um golaço. O tento fez com que o atual campeão mineiro crescesse na partida, porém, em mais uma falha da zaga, o Vitória retomou a dianteira.

Após cruzamento preciso do lateral esquerdo Egídio, Schwenk, substituindo o suspenso Júnior, marcou mais um para o delírio da torcida do Leão, desesperada pela campanha da equipe no Nacional 2010.

Almejando conquistar pontos importantes fora de casa, Luxemburgo colocou para segunda etapa o recém-contratado Ricardo Bueno, artilheiro do Paulistão pelo Oeste, no lugar do meio-campista Fabiano.

A situação melhorou ainda mais para os atleticanos quando o lateral direito Nino, aos oito minutos, puxou o atacante Muriqui e foi expulso pelo árbitro, desfalcando os anfitriões para o restante do duelo.

Com um a menos, o Vitória conseguiu aguentar a pressão até aos 22 minutos. Ricardinho cobrou falta com perfeição e inflamou ainda mais o embate, dando mostras de que o gol da virada seria questão de tempo.

Entretanto, aos 28 minutos, após falha clamorosa do Galo, Schwenk foi oportunista e se consagrou como o herói da noite. Após bola atrasada na fogueira, o goleiro Marcelo, ex-Corinthians e Bahia, dominou no peito, mas faltou-lhe habilidade. O artilheiro rubro-negro pressionou, roubou a bola e deixou o finalista da Copa do Brasil - que enfrentará os meninos do Santos, após a Copa do Mundo - na frente.

A alegria dos baianos durou pouco. Ricardinho deu mais uma assistência, dessa vez cobrando falta, e Diego Tardelli só teve o trabalho de desviar de cabeça para empatar. Contudo, o Vitória não desistiu. Por ironia do destino, o meio-campista Evandro, em sua primeira partida pelo Vitória após sair do próprio Galo, recebeu e finalizou com perfeição, dando números finais à partida.

O emocionante duelo garantiu ao Vitória seu primeiro triunfo na competição e, de quebra, interrompeu a evolução do Galo.

Na próxima rodada, o clube baiano buscará seu primeiro resultado positivo fora de casa. O adversário será o Avaí, no sábado, às 18h30. Já o Galo receberá o Fluminense em busca da reabilitação, no domingo, às 16h, no Mineirão.

veja também