MENU

Seedorf diz que 'ama' o Brasil e admite negociação com o Corinthians

Seedorf diz que 'ama' o Brasil e admite negociação com o Corinthians

Atualizado: Quarta-feira, 6 Abril de 2011 as 12:06

O meio-campista Clarence Seedorf, do Milan, admitiu, em entrevista à Rede TV!, ter recebido de Ronaldo um convite para jogar no Corinthians. O jogador, nascido no Suriname e naturalizado holandês, afirmou “amar” o Brasil – ele é casado com uma brasileira, costuma passar férias no país e fala português fluentemente.

- Estou conversando com o Ronaldo sobre essa possibilidade de ir para o Brasil, são conversas iniciais e é uma opção entre outras que eu tenho. Estou concentrado para ganhar o Campeonato Italiano. Terminando esse contrato, o Milan e outros times estarão fazendo ofertas para sair ou ficar. Está tudo em aberto – disse Seedorf.

Um dos clubes que procurou o jogador foi o Wolfsburg, da Alemanha. Seedorf está com 35 anos, mas, como titular do Milan, mostra que ainda tem lenha para queimar. Há dois anos, ele se revelou torcedor do Flamengo e disse que, um dia, gostaria de jogar no Brasil. Ele repetiu o discurso na recente entrevista.

- O Brasil é um país que eu amo e gostaria de passar uma parte da minha vida aí. Só não sei quando... O técnico Tite já declarou que adoraria contar com Seedorf no Campeonato Brasileiro. Quem toca a negociação é Ronaldo, que se mantém influente na diretoria corintiana e tem aproveitado seu prestígio para se aproximar de grandes jogadores – além de Seedorf, o Fenômeno foi decisivo na contratação de Adriano.

Aliás, para ter o holandês, o Corinthians pretende usar a mesma estratégia que criou para seduzir o Fenômeno em 2008. O clube pagará um valor fixo mensalmente com a possibilidade de aumentar o montante dependendo da venda de patrocínios e ações de marketing. O ex-camisa 9 recebia cerca de R$ 400 mil, mas a quantia subia para R$ 1,8 milhão com a comercialização de espaços publicitários no uniforme alvinegro.

Clarence Clyde Seedorf nasceu em 1 de abril de 1976 em Paramaribo, no Suriname. Naturalizado para atuar pela Holanda, ele começou a carreira no Ajax-HOL, passando por Sampdoria-ITA, Real Madrid, Inter e Milan.      

veja também