MENU

Seleção argentina aposta em Messi para derrotas colombianos

Seleção argentina aposta em Messi para derrotas colombianos

Atualizado: Quarta-feira, 6 Julho de 2011 as 10:50

Melhor do mundo, Messi é o diferencial da seleção argentina (Foto: Reuters)

  Após um inesperado empate contra a Bolívia na estreia da Copa América, a Argentina entra em campo nesta quarta-feira, contra a Colômbia, em Santa Fé, de olho na sua primeira vitória na competição. Para isso, os anfitriões depositam suas fichas mais uma vez em Lionel Messi, que vai atuar na sua província natal. E também na torcida local que, empolgada com a presença da seleção Albiceleste na cidade localizada no interior do a cerda de 500km da capital Buenos Aires, promete lotar o modesto estádio Brigadeiro Estanislao López. O duelo, marcado para às 21h45 (de Brasília), será transmitido ao vivo pelo GLOBOESPORTE.COM e SporTV.

Sergio Batista, técnico dos hermanos, não promoveu nenhuma grande mudança na equipe para o confronto contra os colombianos que, na primeira rodada, bateram a Costa Rica. A única troca é a entrada de Zabaleta na vaga no lateral-esquerdo Rojo. “Checho”, como é chamado o treinador, voltou a dizer que conta com o talento de Messi para conseguir os três pontos.

Outro atleta que poderia perder a vaga, mas confirmado para o confronto desta quarta-feira, é o volante Esteban Cambiasso. Ele, por sinal, completará 50 jogos com a camisa da Argentina na partida, que será apitada pelo árbitro brasileiro.     Colombianos confiantes

Pelo lado da Colômbia, a imprensa do país vê com bons olhos um empate diante da Argentina. Porém, os atletas acreditam em um resultado melhor e esperam honrar o apelido do estádio onde será realizado o encontro: “Cemitério dos Elefantes”. O motivo para a alcunha é que, na década de 60, o modesto Colón, dono do casa, derrotou grandes equipes da época como Santos de Pelé, Boca Juniors e River Plate.

- Temos que entrar com a mentalidade que entramos com a Costa Rica e tentar vencer o jogo. A ideia é passar para segunda fase. Vamos trabalhar para isso – afirmou o lateral-esquerdo Pablo Armero, ex-Palmeiras, que prometeu a dança “Armeration” caso balance as redes diante dos hermanos.

Números e história

Para animar os torcedores argentinos, os números do confronto são favoráveis à seleção anfitriã. Em 29 partidas disputadas, os hermanos tiveram o dobro de vitórias: 16 contra oito. Em duelos pela Copa América, a vantagem é ainda maior, com sete triunfos da Albiceleste, dois empates e apenas duas vitórias da Colômbia.

Por outro lado, duas derrotas da Argentina para o rival são históricas: Em 1993, pelas eliminatórias para o Mundial de 1994, os colombianos venceram por 5 a 0 em pleno Monumental de Nuñez. Seis anos depois, na Copa América de 1999, triunfo por 3 a 0 em jogo no qual o atacante argentino Palermo desperdiçou três pênaltis seguidos.          

veja também