MENU

Seleção brasileira trabalha em ritmo frenético para o Campeonato Mundial

Seleção brasileira trabalha em ritmo frenético para o Campeonato Mundial

Atualizado: Sexta-feira, 6 Agosto de 2010 as 10:50

Os dias têm sido longos para os jogadores da seleção brasileira de vôlei. No CT de Saquarema, no Rio de Janeiro, eles trabalham forte para conquistar o terceiro título do Campeonato Mundial, que começa no dia 24 de setembro, na Itália. Fazem duas sessões de treino com bola. Uma na parte da manhã e outra à tarde, com cerca de três horas cada. Suam a camisa nas pesadas séries de musculação. À noite, as pernas fraquejam. O corpo está esgotado; já a consciência, tranquila. Sabem que esse é o segredo do sucesso.

- Os jogadores lá de fora acham que a gente se droga. Sempre perguntam o que a gente faz, como a gente consegue terminar bem um campeonato. Temos a característica de ir crescendo durante o campeonato, enquanto todos fazem o caminho inverso. Treinamos muito mesmo. No fim do dia, os caras tão destruídos. Bernardinho não dá descanso para gente, não. Esse é o nosso diferencial – explicou o ponteiro Dante, que se recupera de uma gripe.

Após o eneacampeonato da Liga Mundial, no fim do mês de julho, na cidade argentina de Córdoba, a equipe teve apenas sete dias de folga. Os jogadores puderam passar mais tempo com a família, situação que o técnico Bernardinho diz ser necessária. Mas já na última segunda-feira, todos se reapresentaram e, até o fim do Mundial, no dia 10 de outubro, ficarão em "apneia".

- Estamos treinando bastante e bem. Falta pouco para o Mundial e não podemos mais nos dar ao luxo de perder tempo – afirmou o técnico Bernardinho.

Antes do Mundial, no entanto, a seleção participará do tradicional Torneio Hubert Jerzy Wagner, na cidade de polonesa de Bydgoszcz. Além dos donos da casa, enfrentará a Bulgária e República Tcheca entre os dias 20 e 22 de agosto. No início de setembro, antes de embarcar para a Itália, fará mais três amistosos contra a Polônia, em Curitiba.

- Não tivemos a possibilidade de fazer amistosos antes da Liga Mundial. Agora vamos poder entremear amistosos e torneios antes do Campeonato Mundial. Serão bons testes para o grupo, especialmente, para dar um ritmo maior de jogo aos atletas. Neste torneio na Polônia, enfrentaremos três adversários de alto nível. O mais importante é que servirá como preparação para o Mundial da Itália – analisou o treinador.

veja também