MENU

Seleção feminina enfrenta o Canadá em busca de tri do Pan-Americano

Seleção feminina enfrenta o Canadá em busca de tri do Pan-Americano

Atualizado: Quinta-feira, 27 Outubro de 2011 as 11:14

Depois de jogo morno na primeira fase, Brasil e

Canadá se reencontram na final (Foto: AFP) Na semifinal, foi na base da superação. Na decisão, será a responsabilidade. A Seleção Brasileira feminina entra em campo contra o Canadá, nesta quinta-feira, para brigar pela medalha de ouro do torneio de futebol dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. No Estádio Omnilife, a partir das 20h de Brasilía (17h locais), estará em jogo a hegemonia, já que a equipe se sagrou campeã nas duas últimas edições da competição.

Para chegar à decisão, o Brasil precisou vencer a dor pela perda do pai da lateral-direita Maurine, que morreu no último domingo. Mas foi ela quem marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o México, garantindo a Seleção mais uma vez na final mesmo sofrendo a pressão da torcida anfitriã. Na última quarta, um novo susto. Kleiton Lima se envolveu num acidente quando estava a bordo de uma van que percorria as ruas de Guadalajara. O técnico machucou a costela, mas estará à beira do campo nesta quinta.

Esta será a segunda vez que Brasil e Canadá se enfrentam no Pan. Na oportunidade anterior, houve empate em 0 a 0, num dia em que se decidia a primeira colocação do Grupo B, na fase de classificação. Na ocasião, as duas seleções fizeram uma partida sem emoção, e a liderança da chave precisou ser decidida no sorteio, já que os times terminaram empatados em todos os critérios de desempate. Para chegar à decisão, as canadenses venceram por 2 a 1 a Colômbia.

O técnico Kleiton Lima admitiu que o fato de já ter enfrentado o Canadá é importante. No entanto, lembrou que o conhecimento é mútuo e, por isso, previu grande equilíbrio na decisão.

- Conhecemos a maneira do Canadá jogar e sabemos mais ou menos o desenho tático da equipe. Estou confiante de que vamos conquistar o ouro, pois viemos aqui para isso - frisou o treinador brasileiro.

O Brasil deve entrar em campo com a seguinte formação: Bárbara, Karen, Bagé e Tânia Maranhão; Maurine, Francielle, Formiga, Rosana e Maicon; Thaís e Débora.          

veja também