MENU

Seleção volta a Lisboa; técnico descarta saída

Seleção volta a Lisboa; técnico descarta saída

Atualizado: Quinta-feira, 1 Julho de 2010 as 10:30

O goleiro Eduardo foi o mais aplaudido pelos torcedores na chegada da seleção portuguesa nesta quinta-feira em Lisboa, mas o mais procurado foi o treinador Carlos Queiroz, que ouviu insultos e palavras menos simpáticas da torcida: ‘'Vai para casa'. Mesmo pressionado pela eliminação na Copa do Mundo, o técnico afirmou que não pedirá demissão do cargo.

- Está absolutamente fora de questão. As respostas têm de ser dadas depois de refletimos, para darmos a resposta certa. É tempo de descansar, analisarmos com toda a tranquilidade o que esteve bem e o que esteve mal. Perdemos por 1 a 0 para a segunda melhor equipe do ranking da Fifa e a atual campeã europeia - disse.

Carlos Queiroz lembrou que seleções como a Dinamarca, que ganhou o grupo europeu das eliminatórias onde também estava Portugal e tinha sido bastante elogiada, ou a Itália, que defendia o título, foram para casa mais cedo.

Apesar da eliminação, Carlos Queiroz não se mostrou abalado e elogiou a campanha de Portugal na Copa do Mundo. O treinador garantiu que o ambiente do grupo era bom na África do Sul

- Era bom, fantástico. Ficamos um pouco tristes pela eliminação da Copa do Mundo, porque nossa ambição era grande. Mas estamos com a consciência tranquila, fizemos um bom trabalho. Dignificamos e prestigiamos o futebol português. Perdemos para uma grande equipe. Agora só temos que fazer uma coisa: descansar. Vamos pensar naquilo que tem de mudar e voltarmos mais fortes - explicou.   Por GLOBOESPORTE.COM Lisboa

veja também